Lance Djokovic atropela holandês e encara Nishikori no US Open

Djokovic atropela holandês e encara Nishikori no US Open

Sérvio encara japonês que perdeu em 2014

Lance
Lance

Lance

Lance

Com uma atuação protocolar, o número 1 do mundo, Novak Djokovic, garantiu passagem à terceira rodada do US Open, último Grand Slam da temporada, disputado sobre o piso duro, em Nova York.

O sérvio superou o qualifier holandês Tallon Griekspoor, 121º colocado, por 3 sets a 0 com parciais de 6/2 6/3 6/2 após 1h39min de duração na rodada noturna da quadra Arthur Ashe.
O natural de Belgrado alcança sua 23ª vitória seguida em Grand Slams e está a cinco de ser o primeiro desde rod Laver em 1969 a vencer todos os Majors em um mesmo ano. Conseguindo, ele ultrapassaria Roger Federer e Rafael Nadal sendo o maior vencedor de todos os tempos com 21 Slams.

Djokovic encara no sábado o japonês Kei Nishikori, ex-top 5 e atual 56º, que venceu em 3h49min e cinco sets o americano Mackenzie McDonald, vice no ATP 500 de Washington, nos EUA, por 7/6 (7/3) 6/3 6/7 (7/5) 2/6 6/3.
São 19 jogos entre eles com 17 vitórias do sérvio, a última vitória do asiático foi em 2014 exatamente no US Open onde parou na final.
O jogo
Djokovic não começou com aquela força que teve no início diante do dinamarquês Holger Rune e mesmo assim com duas quebras fez 6/2. No segundo abriu 4/2, foi quebrado, mas tornou a romper parafechar por 6/3. No terceiro abriu 4 a 2 e ampliou a contagem com nova quebra.

Foram 32 bolas vencedoras e 20 erros de Nole em jogo onde quebrouo rival em seis de dez chances.

Últimas