Lance Diretor do Atlético-MG aposta em 'continuidade' para se dar bem na fase de grupos da Libertadores

Diretor do Atlético-MG aposta em 'continuidade' para se dar bem na fase de grupos da Libertadores

No pote 4, Galo provavelmente terá um caminho mais difícil, quando comparado às outras equipes brasileiras 

Lance
Lance

Lance

Lance

O Atlético-MG conhecerá, nesta segunda-feira, 27 de março, seus adversários na fase de grupos da Libertadores. Oriundo das fases preliminares, o Galo está no pote 4 da competição, e possivelmente, terá um caminho mais difícil, quando comparado às outras equipes brasileiras.

No entanto, justamente por ter participado de etapas anteriores, o Galo, na visão do diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, carrega uma vantagem. Os duelos na fase de grupos acontecem a partir do dia 15 de abril.

+ Novidade no ar! Acompanhe as últimas negociações do Galo no mercado da bola

- É atípico porque no Pote 4 não tem muita escolha. Certamente, nosso caminho será difícil na fase de grupos. Por outro lado, tenho dito que já começamos a Libertadores e estamos num processo de continuidade, enquanto muitos ainda vão iniciar. Já temos esse espírito. O jogadores, a comissão técnica e o Chacho (Coudet). É o olhar pelo lado positivo, mas é óbvio que o Pote 4 nos reserva um caminho mais difícil - disse, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Inclusive, por sair do pote 4, o Atlético-MG fará as duas partidas da chave em Belo Horizonte. Rodrigo Caetano ressaltou a importância de um início positivo, em busca da classificação, e relembrou também que o Galo terá o calendário cheio no mês de abril.

- O mundo ideal é que a gente já comece bem. Temos também as finais do Campeonato Mineiro e buscamos esse tetracampeonato. Depois já temos Copa do Brasil e início do Brasileiro. Obviamente nos reserva uma responsabilidade de iniciar bem para não ter que decidir fora de casa. O mais importante é a gente ser forte dentro de casa. Se fizermos o resultado em casa, com o apoio da Massa, temos muitas chances de classificação porque vamos fazer pontos fora de casa - projetou.

Confira os potes da Libertadores:

Pote 1: Flamengo (no Grupo A), River Plate (Argentina), Palmeiras, Boca Juniors (Argentina), Nacional (Uruguai), Athlético-PR, Independiente Del Valle (Equador), Olímpia (Paraguai).
Pote 2: Libertad (Paraguai), Atlético Nacional (Colômbia), Internacional, Barcelona de Guayaquil (Equador), Racing (Argentina), Corinthians, Colo-Colo (Chile) e Fluminense.
Pote 3: Bolívar (Bolívia), The Strongest (Bolívia), Melgar (Peru), Alianza Lima (Peru), Argentinos Juniors (Argentina), Metropolitanos (Venezuela), Aucas (Equador) e Monagas (Venezuela).
Pote 4: Atlético-MG, Cerro Porteño (Paraguai), Independiente Medellín (COL), Sporting Cristal (Peru), Liverpool (Uruguai), Deportivo Pereira (Colombia), Ñublense (Chile), Patronato (Argentina).

Últimas