Lance Dimitrov bate Rune, é campeão em Brisbane, quebra jejum e se emociona

Dimitrov bate Rune, é campeão em Brisbane, quebra jejum e se emociona

Número 14 do mundo e ex-top 3, o búlgaro faturou o título do ATP 250

Lance
Lance

Lance

Lance

Número 14 do mundo e ex-top 3, o búlgaro Grigor Dimitrov faturou, neste domingo (7), o título do ATP 250 de Brisbane, na Austrália, evento da primeira semana da nova temporada.

Dimitrov derrubou na final o principal favorito e oitavo da ATP, o dinamarquês Holger Rune, por 7/6 (7/5) 6/4, após 2h16min e faturou seu segundo troféu no evento repetindo o feito de 2017.

- Meu caso de amor começou há 11 anos aqui em Brisbane e continua. Estou muito grato por ainda poder estar na frente de vocês e erguer esse troféu novamente, isso significa muito para mim por muitos motivos diferentes - disse.

A final foi um encontro de grande qualidade, com Dimitrov disparando 33 winners e apenas 14 erros não forçados. O segundo cabeça de chave também não perdeu nenhum game de saque.

Isso ajudou Dimitrov a registrar sua quarta vitória entre os 10 primeiros no Queensland Tennis Centre e a primeira desde a conquista do título anterior.

Com este esforço, o número 14 do mundo se junta ao britânico Andy Murray como o único bicampeão individual masculino na história do evento.

Murray foi o único jogador a vencer um set de Dimitrov este ano, quando os adversários mais antigos se enfrentaram na rodada de abertura. Essa batalha foi uma revanche da final de 2013.

Este é o nono título de simples ATP da carreira de Dimitrov no total e o primeiro desde novembro de 2017.

- Já faz um tempo que não seguro um desses - disse Dimitrov, contendo as lágrimas durante a entrega do troféu.

Últimas