Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Destaque do Palmeiras em classificação, Tabata evita comparações com Scarpa

Camisa 11 do Verdão falou sobre diferenças de estilo em relação a ex-meia

Lance|

Lance
Lance Lance

Na noite deste sábado (11), o Palmeiras derrotou o São Bernardo por 1 a 0 no Allianz Parque e se classificou para a semifinal do Campeonato Paulista. Na zona mista após o confronto, Bruno Tabata, que foi titular e teve uma ótima atuação, falou sobre confiança e respondeu sobre comparações com Gustavo Scarpa, ex-Verdão que atualmente está na Inglaterra.

> Veja classificação e simulador do Paulistão-2023 clicando aqui

O camisa 11 do Palmeiras fez a sua melhor partida desde que chegou ao clube, sendo o principal destaque do Verdão especialmente no primeiro tempo. Tabata foi novidade na equipe inicial do técnico Abel Ferreira, que optou por deixar Endrick e Giovani no banco de reservas.

- Muito feliz pela oportunidade e por corresponder. O mais importante é o Palmeiras ter avançado. E a minha semana foi muito boa. Senti isso, senti que ela foi muito boa. O jogador, quando não está com sequência, que é difícil por perder ritmo e confiança, com a torcida não tendo tanta confiança por ver jogar menos, é difícil entrar. Eu sempre me mantive confiante e preparado para dar o meu melhor quando tivesse a oportunidade - disse o jogador.

Publicidade

- É difícil quando você traz um jogador para substituir um que ainda estava no clube, como foi o Scarpa. Ano passado eu cheguei, e o Palmeiras estava ganhando tudo, não perdia, e eu vim de um futebol seis anos fora. Mas eu sei o meu valor. Joguei em grandes clubes, disputei grandes campeonatos e ganhei títulos. Então eu sei da minha qualidade e potencial, sabia que eu só precisava treinar e esperar o meu momento.

+ ATUAÇÕES: Rony decide e Tabata sai aplaudido em vitória do Palmeiras nas quartas do Paulistão

Publicidade

Bruno Tabata fez questão de afirmar que tem características distintas de Scarpa e que o treinador português reconhece essa diferença, confiando no seu estilo próprio de jogo.

- Eu sou um meia que joga pelos lados, consigo combinar bem o meio-campo com os laterais e, algumas vezes, ser um pouco agudo. Eu fiz isso a minha carreira inteira. Enfim, o Abel sabe onde pode contar comigo, sabe das minhas características. Como eu falei, o Scarpa saiu, e ele tinha outras características apesar de jogarmos na mesma função. O Tabata é o Tabata. Eu, na minha carreira, nunca fui um cara agitador de jogo. Acho que temos jogadores com essa características - concluiu o camisa 11 do Verdão.

Agora, o Palmeiras se prepara para enfrentar a quarta pior campanha do estadual na semifinal. A partida, que será disputada no Allianz Parque também em jogo único, está prevista para o final de semana dos dias 18 e 19 de março, com datas e horários ainda a serem definidos pela CBF.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.