Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Del Potro diz ficar louco com Alcaraz

Argentino lamentou não poder jogar o US Open deste ano

Lance

Lance|Do R7


Lance
Del Potro durante evento em São Paulo este ano / Crédito: Marcello Zambrana/DGW

Em um bate-papo com o Tennis.com, Juan Martin del Potro se abre e admite ter passado mal e se sentido desapontado e triste por não poder voltar a Flushing Meadows e faz comentários sobre Carlos Alcaraz.

Depois de meses trabalhando para tentar explorar qualquer pequena brecha que lhe permitisse jogar o US Open de 2023, Delpo teve que desistir. "É um momento muito difícil para mim a nível emocional. Desde o início do ano tenho falado com muita gente e feito ver a minha vontade de fazer o possível para jogar em Nova Iorque. No entanto, assim que submeter minha equipe a alguns exercícios exigentes, joelho, as dores aumentam muito. Resolvi desistir porque não estou preparado para competir e porque não quero piorar ainda mais", comenta o argentino, que não quer desistir.

“Nas próximas semanas vou iniciar um novo tratamento, não sei o que o futuro trará. O que está claro para mim é que o US Open é um torneio que significa muito para mim, é tudo em na minha carreira e na minha vida, carrego isso no coração. Se algum dia tiver a menor possibilidade de voltar a jogá-lo, darei tudo que estiver ao meu alcance para consegui-lo", disse antes de se referir ao seu dia a dia. “Não tenho nenhuma pressão nem rotina diária de trabalho. Gosto de estar com minha família, tanto na Argentina quanto em Miami, e continuo explorando o que a vida pode me trazer”, disse Juan Martín.

Ele comentou o quão especial foi viver com o Big 3 no circuito: "É impressionante e muito especial para mim ter feito parte de um período tão dourado para o tênis. Tenho muito orgulho de sentir que pude competir contra eles em grandes palcos. Rafa, Roger e Novak me mostraram o caminho e foram bons exemplos no esporte, mas também no aspecto humano. Poder ter vencido torneios importantes contra eles significa que não posso me culpar por nada. Todos os meus sonhos se tornaram realidade e pude dividir a quadra com os melhores do mundo. história", alerta.

Publicidade

Eçle comentou sobre a rivalidade de Alcaraz com Novak Djokovic : "Seria impressionante para o nosso esporte ver tantos confrontos entre Carlos e Novak. No momento eles estão em outro nível e podem enlouquecer as pessoas com seus duelos nas finais. Medvedev, Zverev ou Ruud são grandes tenistas, mas são longe do nível do espanhol e do sérvio", afirmou Juan Martín Del Potro que considera o murciano seu herdeiro natural como o tenista com melhor forehand do mundo. “É incrível o quão forte ele dirige a bola, ele tem potencial para se sair ainda melhor ainda nos próximos anos. Gosto especialmente da maneira como ele se move pela quadra, é muito bom para o esporte e me deixa louco, tanto para seu estilo de jogo e seu carisma", destaca o argentino.

“O tênis pode ficar tranquilo. A transição estará em muito boas mãos com Carlitos, e acredito que Jannilk Sinner também tem o potencial necessário para vencer torneios importantes e permanecer no topo por muito tempo”, disse.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.