Lance Del Potro ainda não decidiu sobre vinda ao Rio Open

Del Potro ainda não decidiu sobre vinda ao Rio Open

Argentino espera decidir até quinta-feira

Lance
Lance

Lance

Lance

Após sua derrota na estreia no ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina, Juan Martin del Potro afirmou, em entrevista em quadra que a noite desta terça-feira seria sua última em uma partida oficial do circuito.

O tenista perdeu do compatriota Federico Delbonis por 6/1 6/3. Ele jogaria semana que vem o Rio Open, mas disse que hoje foi seu último duelo.

"Vou lembrar desse momento por toda minha vida. Conquistei todos os sonhos que tibe e ele me trouxe todo o amor das pessoas, o que é meu maior troféu. Essa foi minha última partida. Estou feliz de ter jogado em frente a tanta gente", disse o argentino.

"Dei tudo até o último ponto . Só desejo dormir sem dor na perna depois de dois anos , vou tentar fazer isso depois de amanhã pois será difícil fazer esse esporte com as dores que tenho. Hoje sinto que tenho toda a vida por diante e quero viver em paz".

Em coletiva de imprensa ele disse ainda não ter decidido se iria ao Rio de Janeiro onde foi prata nos Jogos Olímpicos de 2016 perdendo final para Andy Murray e batendo Novak Djokovic e Rafael Nadal: "Agora preciso tratar de melhorar minha perna, meu joelho pois me custa viver também. Há casos no tênis que fecha uma janela, mas por uma questão ou outra milagrosamente se volta. Essa janela vou deixar em aberto sempre pelo que vivi hoje é algo único. É um ponto a parte, mas o tênis deixo de lado até melhorar minha perna , vou colocar outras cartas sobre a mesa e ver o que acontece".

Também na coletiva de imprensa, Delpo disse: "Não tenho claro sobre o Rio de Janeiro, no momento tinha a ilusão de jogar esses dois torneios, creio que no Rio posso chegar a viver algo similar ao de hoje pelo carinho que as pessoas têm comigo , o especial que é o Rio para mim , calculo que amanhã ou depois de amanhã vamos conversar e vamos tomar uma decisão, mas deixo claro que com ou sem Rio farei uma parada e viver um pouco a vida com menos dor".

Últimas