Dedé passará por nova cirurgia no joelho e receberá salários dentro do teto proposto pelo Cruzeiro

O clube celeste autorizou a cirurgia do jogador, que será feita no Rio de Janeiro com um médico de sua escolha. Durante a recuperação, seus salários ficarão na casa dos R$ 200 mil

Lance

Lance

Lance

O zagueiro Dedé vai passar pelo sétimo procedimento cirúrgico no joelho. Desta vez, a operação será no joelho direito. O jogador quer escolher o médico e o Cruzeiro autorizou que a operação fosse feita no Rio de Janeiro, porém, terá um documento em que resguarda o clube caso o a operação tenha algum problema detectado.

O clube confirmou a informação de mais uma cirurgia no zagueiro, de 31 anos, que está na Raposa desde 2013. A informação foi divulgada inicialmente divulgada pelo Superesportes e confirmada pelo LANCE!.

Além da operação, outra situação será resolvida na relação entre clube e jogador: como serão pagos os seus salários. Durante a recuperação, Dedé receberá salários dentro do teto criado pelo Cruzeiro, na casa dos R$ 200 mil. A diferença de valores que entre o que está no seu contrato e o atual teto será paga a partir de 2021, nos mesmos moldes dos atletas que aceitaram ficar na Raposa casos de Fábio, Léo, Edilson e Robinho.

Dedé está em litígio com a Raposa, pois não aceitava a redução salarial e tentou deixar a Raposa para o futebol chinês, mas o negócio fracassou. Ele fez a sexta cirurgia no joelho direito no fim de 2019, ficando de fora da reta final do Brasileiro, não estando na partida que determinou o rebaixamento do Cruzeiro.

Será a sétima do zagueiro desde que chegou ao Cruzeiro, em 2013, ao preço de R$ 14 milhões. Nesse período no clube, o zagueiro fez 188 jogos e marcou 15 gols em seis anos de clube, porém, ficando quase metade do tempo parado, devido às lesões nos dois joelhos. O prazo de retorno aos campos não foi divulgado.