Lance Debaixo de muita chuva, Figueirense vence o Náutico no Orlando Scarpelli

Debaixo de muita chuva, Figueirense vence o Náutico no Orlando Scarpelli

Golaço que garantiu a vitória da equipe catarinense saiu no finalzinho e foi do meio do campo

Lance

No Orlando Scarpelli, debaixo de muita chuva, o Figueirense conseguiu de maneira sofrida vencer o Náutico pelo placar de 2 a 0, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com a vitória, o Figueira sobe para o 17º lugar e soma 25 pontos. O Timbu, que foi ultrapassado, caiu para 18ª colocação, com 24 pontos.

Na próxima rodada, o Figueirense enfrenta o Paraná, no estádio Durival Britto, no dia 09 de dezembro. Já o Náutico recebe o time do Brasil de Pelotas, nos Aflitos, dia 10 de dezembro.

O jogo

Com o gramado encharcado por conta da chuva que caiu em Florianópolis neste domingo, Figueirense e Náutico tiveram muitas dificuldades em criar jogadas de perigo no primeiro tempo.

Como era impossível construir jogadas na base do toque de bola, os arremates de fora da área passaram a ser a alternativa de ambas as equipes na tentativa de surpreender os goleiros. Mas todos chutes não chegaram a oferecer perigo às metas de Rodolfo Castro (Figueirense) e Anderson (Náutico).

Apesar da chuva não ter dado trégua na etapa complementar, os dois times voltaram do intervalo dispostos a criar oportunidades de qualquer maneira em busca da vitória.

E o Figueirense conseguiu alcançar seu objetivo logo com um minuto do segundo tempo. Lucas Carvalho desceu pelo lado direito e cruzou, Bruno Michel pegou de primeira dentro da área e abriu o marcador: 1 a 0 para o Figueirense.

O Náutico não se abateu com o gol e foi para cima em busca do empate. Aos 5 minutos, após cobrança de escanteio, Kieza subiu sozinho e cabeceou, mas o goleiro Rodolfo Castro fez uma bela defesa e salvou o Figueira.

A chuva era cada vez mais forte, mas o Timbu não desistia e continuava pressionando em busca do gol de empate. Já o Figueirense apostava no contra-ataque para tentar surpreender e matar o jogo.

Com a partida se aproximando do final e o gramado cada vez pior, o Figueira resolveu se fechar na defesa e segurar o resultado. Enquanto o Náutico foi para o desespero em busca do gol.

E quando o Náutico estava no auge da pressão, um erro do goleiro Anderson colocou tudo a perder. Ele foi colocar a bola em jogo e acabou chutando em direção ao zagueiro Jhonathan. Ele pegou de primeira e marcou um golaço do meio do campo: 2 a 0 para o Figueira.

Últimas