De volta ao Avaí, Geninho sonha com a briga pelo acesso

Treinador assumiu o cargo deixado por Rodrigo Santana e deseja dias melhores com o Leão da Ressacada

Lance

Lance

Lance

Eliminado do Campeonato Catarinense, a diretoria do Avaí resolveu mexer nos bastidores e chacoalhar o elenco. Sobrou para Rodrigo Santana, que perdeu o cargo e viu o experiente Geninho assumir o comando técnico do time.

Contente por retornar a Ressacada, o treinador não escondeu a sua felicidade e projeta a briga pelo acesso à elite do futebol brasileiro.

‘Volto para um lugar que eu conheço, que gosto, um clube onde tive alegrias e com outro desafio. O desafio de tentar levar o Avaí pela terceira vez à Série A do Brasileiro. Todos sabem o relacionamento que tenho com o presidente do Avaí, foi quem me levou a primeira vez, convivemos todos nesse período, duas passagens, dois acessos, ano retrasado quebrando um tabu, conseguindo o estadual. Temos um relacionamento muito bom e sempre foi muito fácil os acertos com o Battistotti’, declarou o comandante à CBN/Diário.

‘O presidente me ligou fazendo o convite. Me pegou de surpresa, esperava ficar mais um tempo sem trabalhar. Pedi a ele um tempo, fui conversar com a família. Alguns prós e outros contras, mas os prós foram maiores que os contras e liguei para ele no final da tarde e disse que vou encarar o desafio para voltarmos mais uma vez à Série A’.

Namoro antigo

Em alta no Vitória, o Avaí chegou a procurar Geninho no começo do ano para integrar a diretoria do Leão, mas o comandante quis ficar no time de Salvador. Agora, sem o rubro-negro pelo caminho, o amor pelo time de Santa Catarina falou mais alto e ele topou o convite.