Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Daniel Alves expressa discordância em relação a sua acusação, mas não vai recorrer o processo

Mesmo com posição do atleta, a intenção da defesa do ex-jogador do Barcelona é agilizar o processo

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

Daniel Alves foi notificado pela Justiça de Barcelona nesta quarta-feira (02) que irá a julgamento pelo crime de estupro. Segundo o grupo que representa o caso, o jogador discordou sobre a acusação, mas não vai recorrer do processo.

O TSJ da Catalunha informou que o atleta foi citado para receber "a resolução que encerra a fase de investigação e que detalha os indícios que a juíza de instrução considera que, das provas realizadas, existem contra ele. Apesar do brasileiro estar "insatisfeito" com o relato dos fatos, a defesa do ex-jogador do Barcelona informou, em comunicado, que a intenção é agilizar o processo.

A investigação foi finalizada na última segunda-feira (31), concluindo que há indícios de que ele tenha cometido agressão sexual contra a mulher de 23 anos no último dia 30 de dezembro, em Barcelona.

Caso seja condenado, a Justiça impôs o pagamento de 150 mil euros (783 reais) à vítima, por danos psicológicos e morais. O lateral, que teve três pedidos de liberdade negados, vai aguardar julgamento na prisão onde está desde janeiro.

Publicidade

RELEMBRE O CASO

Daniel Alves está preso preventivamente na Espanha desde o último dia 20 de janeiro. O jogador teria agredido sexualmente uma mulher de 23 anos em uma festa no dia 30 de dezembro de 2022. A Justiça espanhola ordenou a prisão do atleta depois de ouvir depoimentos contraditórios do brasileiro. Ao longo da investigação, o ex-Barcelona apresentou diferentes versões sobre o caso. Na última delas, admitiu que teve relações sexuais com a acusadora, mas afirmou que isso aconteceu de forma consensual.

Inicialmente, Daniel Alves foi preso no Centro Penitenciário Brians I, mas foi transferido para o Brians II três dias depois da detenção. A cadeia fica localizada no município Sant Esteve Sesrovires, a 40 km de Barcelona. A defesa do brasileiro tentou garantir a sua liberdade condicional, mas todos os pedidos foram rejeitados pela Justiça, que considerava alto o risco de fuga.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.