Lance Cruzeiro no 'limbo': longe do Z4 e ainda mais distante do sonhado G4

Cruzeiro no 'limbo': longe do Z4 e ainda mais distante do sonhado G4

A Raposa teve as chances de queda reduzidas, mas o acesso é apenas uma possibilidade matemática. Assim, o time caminha para a sua terceira Série B seguida

Lance
Lance

Lance

Lance

O torcedor do Cruzeiro ficou satisfeito com a com a vitória por 2 a 0 sobre o Brasil-RS, no domingo,3 de outubro, no Independência, pela 28ª rodada da Série B. Mas, o bom resultado diante do lanterna da competição não aumentou a esperança celeste de acesso à elite em 2022. Entretanto, reduziu bastante o risco de rebaixamento para terceira divisão.

A Raposa está a cinco pontos da zona de rebaixamento, o que deixa a equipe com 5,5 % de chances de queda segundo o departamento de matemática da UFMG. Já o acesso, não tem um número bom. O time comandado pro Vanderlei Luxemburgo tem apenas 0,064% de chances de subir segundo os matemáticos da universidade.

O Cruzeiro é o 12º colocado, com 35 pontos, 13 a menos do que o Goiás, quarto colocado com 48 pontos. Para ter alguma esperança real de acesso, terá de vencer os 10 jogos restantes do time neste segundo turno da Série B.

A missão de evitar a queda está mais simples, pois a Raposa tem de marcar mais 11 pontos, chegando aos 46, número seguro para não jogar a Série C no ano que vem.

Com chances apenas matemáticas, já que o desempenho em campo não tem ajudado, a busca do Cruzeiro por uma das quatro vagas na elite em 2022 ainda mais duras, pois os próximos compromissos são contra o líder Coritiba, sexta-feira, 8 e outubro, no Couto Pereira-PR, e no dia 12 terça-feira, recebe o terceiro colocado Botafogo, no Independência.

Com a quase confirmação do Cruzeiro na Série B do ano que vem, será a primeira vez que uma equipe dos considerados grandes disputam a competição por três anos consecutivos.

Últimas