Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Cruzeiro é punido e perde mandos de campo após incidentes no clássico contra o Atlético-MG

Decisão, no entanto, não afeta o clássico contra o América-MG, já que o jogo será disputado em Sete Lagoas

Lance|

Lance
Lance Lance

Após os incidentes que marcaram o clássico entre Cruzeiro x Atlético-MG no último dia 13 de fevereiro, o clube celeste, mandante na partida, foi julgado e punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD-MG). A Raposa perdeu dois mandos de campo e ainda terá que pagar uma multa de R$ 20 mil. A decisão ainda cabe recurso.

Caso o recurso estrelado não seja aceito, o time celeste terá que jogar a, no mínimo, 50 quilômetros de Belo Horizonte. Até por isso, a decisão não afeta o clássico contra o América-MG, que está marcado para o próximo sábado, 11 de março, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, que fica a 70km da capital mineira.

+ Novidade no ar! Acompanhe as últimas negociações do Cruzeiro no mercado da bola

Art. 81, §4º: Na hipótese de perda de mando de campo, para a designação de outro local, deverá ser respeitada a distância mínima de 50 (cinquenta) quilômetros do município de seu Estádio - diz trecho do Regulamento Geral de Competições da Federação Mineira de Futebol (FMF).

Publicidade

Na pior das hipóteses, portanto, caso o recurso estrelado seja negado e o Cruzeiro avance à grande final do Campeonato Mineiro, terá que mandar o jogo de seu mando no interior. Enquanto a Raposa enfrenta o América-MG em uma das semifinais, Atlético-MG e Athletic fazem o outro confronto.

AS CONFUSÕES DE RAPOSA X GALO

O último clássico entre Cruzeiro x Atlético-MG, disputado no último dia 13 de fevereiro, foi marcado por diversas confusões . Na súmula da partida, o árbitro Paulo César Zanovelli da Silva relatou sete paralizações, duas explosões de bombas e vários arremessos de objetos no gramado da Arena Independência.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.