Lance Cruzeiro cria aplicação que usará o mecanismo de solidariedade da FIFA para recompensar o investidor

Cruzeiro cria aplicação que usará o mecanismo de solidariedade da FIFA para recompensar o investidor

Uma parceira entre a Raposa e a Startup Liqi vai ofertar uma nova modalidade de gerar receitas para o clube e ainda devolver o que foi aplicado

Lance
Lance

Lance

Lance

A startup Liqi, plataforma de tokenização de ativos através do blockchain, assinou contrato firmando parceria com o Cruzeiro para tokenizar ativos do time, uma forma diferente de investir no clube, usando o mecanismo de solidariedade da FIFA. É como uma moeda virtual que o investidor terá direito de usar para aplicar na Raposa e receber o dinheiro no futuro.

Dentro da família de mecanismo de solidariedade, a princípio, o token do Cruzeiro ofertado pela Liqi, terá o valor inicial de R$ 25 reais para investidores estratégicos e torcedores do clube, com uma venda dividida em quatro lotes. A projeção é captar cerca de 6 milhões de reais para o clube, em um prazo estimado de 30 dias.

O mecanismo de solidariedade é uma estratégia criada pela Fifa com o propósito de recompensar os clubes que formam jogadores, para que possam ganhar uma porcentagem da venda subsequente do atleta.

Ou seja, depois que um jogador formado pelo Cruzeiro está fora do clube e é vendido novamente, o clube recebe um valor dessa transação financeira. Dessa forma, o token do Cruzeiro segue esta modalidade e possibilitará aos detentores do token, o direito de receber uma parte do valor de venda dos atletas. O objetivo é levar ao torcedor a possibilidade de investir no clube e, em contrapartida, beneficiá-lo com a oportunidade de se financiar para desenvolver o time.

-Hoje, não existem instrumentos para que um investidor pequeno possa ter acesso a esse tipo de ativo em clubes de futebol. E é super importante para nós, vermos que através da Liqi e da tokenização, estamos levando para o mercado um ativo muito relevante de um dos maiores clubes do Brasil. Pensamos em uma maneira de incluir novos investidores ao mercado de futebol, um segmento amplo e que pode gerar muitas oportunidades- explica Daniel Coquieri, da Liqi.

Analisando o potencial de gerar receita para o clube e, consequentemente, para o investidor, mais de 380 jogadores do Cruzeiro foram avaliados para determinar a expectativa de receita futura por meio do mecanismo.

-Sempre tivemos tradição em revelar grandes jogadores. São atletas que hoje brilham em outras equipes em várias partes do mundo e que nos garantem um retorno financeiro quando são revendidos a outros clubes graças ao mecanismo de solidariedade. E é essa ferramenta que vamos trabalhar com a Liqi, garantindo novas oportunidades de rentabilidade ao Cruzeiro, dando a oportunidade também para que o torcedor possa investir em um ativo que poderá lhe dar um retorno ainda maior no futuro- considerou Sérgio Santos Rodrigues, presidente do Cruzeiro.

Responsável por desenvolver o projeto dentro do Cruzeiro, o Diretor de Marketing e Inovação, Rodrigo Moreira, acredita que a criação de novas oportunidades de receita faz parte da cultura de inovação desenvolvia dentro do clube, que tem por missão identificar oportunidades de ganhos exponenciais e aproximar bons projetos que tenham execução rápida e simplifiquem e agilizem a entrada desses recursos.

-Do primeiro contato com o Daniel que o Cruzeiro fez ativamente, até a assinatura do contrato, não levou nem um mês. Isso mostra a agilidade interna para conduzir projetos estratégicos que são importantes com o clube e que podem também ser fonte de receita para o nosso torcedor- ressaltou Moreira.

-Os investidores do token poderão ter retorno financeiro de duas maneiras: durante todo o projeto, que terá duração de 6 anos consecutivos, a remuneração poderá ser baseada nas transações que acontecerem dos atletas, ou então no mercado secundário, pela valorização do ativo, disponível para negociação na BitPreço, marketplace que conecta corretoras de criptomoedas e parceira da Liqi- finalizou Coquieri.

Últimas