Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Corinthians mantém tabu em Itaquera, vence e afunda o Vasco na lanterna do Brasileirão; veja o resultado

Letal no ataque, Corinthians amplia invencibilidade na temporada e deixa a situação do Vasco ainda mais complicada no Brasileirão...

Lance

Lance|Do R7


Lance
Yuri e Guedes marcaram para o Timão no segundo tempo (Foto: Eduardo Carmim/Photo Premium/Gazeta Press)

Mesmo sem público, o Vasco não conseguiu quebrar o tabu e segue sem vencer o Corinthians na Neo Química Arena. Em duelo válido pela 17ª rodada do Brasileirão, o Timão superou o Cruzmaltino por 3 a 1. Maycon, Yuri Alberto e Róger Guedes marcaram os gols corintianos, e Gabriel Pec fez o gol vascaíno.

Com a vitória, o Corinthians chega aos 19 pontos e ultrapassa o Santos na tabela, ficando na 14ª posição e abrindo cinco pontos de vantagem para o Bahia, primeiro time da zona do rebaixamento. Já o Vasco estaciona nos nove pontos e segue na lanterna do Campeonato Brasileiro.

+ Veja tabela e simule as próximas rodadas do Brasieirão

Cinco lances que marcaram a partida

Publicidade

> !SILÊNCIO ENSURDECEDOR! Com a punição pelos gritos homofóbicos, o clima na Neo Química Arena durante o jogo foi melancólico. Sem o barulho da Fiel, deu para ouvir muita reclamação contra Vuaden.

> !REINATO AUGUSTO FAZ SUA MÁGICA! Dominando a partida, o Corinthians saiu na frente com um golaço de fora da área de Maycon, mas o destaque foi o tapa de letra "nojento" de Renato Augusto na jogada.

Publicidade

>FERREIRA OU PEDRO RAUL? Em contra-ataque, Sebastián Ferreira teve oportunidade de ouro para estrear pelo Vasco com gol, mas o novo reforço, de frente para o gol, fez cosplay de Pedro Raul e perdeu chance incrível.

> !NÃO É MENTIRA, YURI ALBERTO FEZ GOL! Não teve deslizada, mas Yuri Alberto ampliou a vantagem do Corinthians após aula de contra-ataque. O centroavante fez bonito e acertou lindo chute, sem chances para Léo Jardim.

>!COMBO DOS TRAPALHÕES! Pec recolocou o Vasco na partida após falha de comunicação entre Bruno Méndez, Bidu e Cássio. Mas nem deu tempo de se iludir porque Paulinho cometeu pênalti infantil e Róger Guedes fez o terceiro do Timão em Itaquera.

Como foi o primeiro tempo?

Com Renato Augusto inspirado, o Corinthians teve o controle e criou as melhores chances no primeiro tempo, sendo bastante intenso na marcação e dificultando a saída de bola do Vasco. O Timão teve leve queda de produção após o gol de Maycon, e a equipe de Ramón Diaz não aproveitou a oportunidade de empatar a partida.

E a etapa final?

As alterações de Ramón Diaz tiveram efeito positivo e o Vasco cresceu na etapa final, incomodando mais o Corinthians. Ambas equipes seguiam cometendo erros na defesa, e o Timão foi letal em suas chances e mesmo com queda de produção, fez dois gols, não deixou o Vasco ter esperanças e venceu a partida por 3 a 1.

O que vem por aí?

O próximo compromisso do Corinthians é na terça-feira (1), contra o Newell's Old Boys-ARG, pela partida de ida das oitavas de final da Sul-Americana, na Neo Química Arena. Já o Vasco volta a campo apenas no dia 6, contra o Grêmio, pelo Brasileirão, em São Januário.

CORINTHIANS 3 X 1 VASCO

CAMPEONATO BRASILEIRO - 17ª RODADA

Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)

Data e hora: sábado, 29 de julho de 2023, às 18h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Maurício Coelho Silva Penna (RS) e Michael Stanislau (RS)

Árbitro de vídeo: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Público e renda: Portões fechado / R$0

Cartões amarelos: Caetano, Fausto Vera (COR); - (VAS)

Cartões vermelhos: -

GOLS: Maycon (1-0, aos 18' do 1ºT), Yuri Alberto (2-0, aos 18' do 2ºT), Gabriel Pec (2-1, aos 24' do 2ºT) e Róger Guedes (3-1, aos 27' do 2ºT)

CORINTHIANS

Cássio; Bruno Méndez, Caetano (Fagner, após o intervalo), Gil e Fábio Santos (Matheus Bidu, aos 17' do 2ºT); Maycon, Ruan Oliveira, Renato Augusto (Fausto Vera, após o intervalo) e Adson (Biro, aos 37' do 2ºT); Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

VASCO

Léo Jardim; Miranda, Manuel Capasso e Léo; Puma Rodríguez (Orellano, após o intervalo), Gary Medel, Jair (Paulinho, após o intervalo), Praxedes e Lucas Piton; Figueiredo (Gabriel Pec, após o intervalo) e Sebastián. Técnico: Ramón Díaz.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.