Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Corinthians confirma o favoritismo e atropela o Flamengo na final da Supercopa Feminina

Na Neo Química Arena, Timão vence o Rubro-Negro por 4 a 1 e conquista o bicampeonato

Lance|

Lance
Lance Lance

O Corinthians bateu o Flamengo por 4 a 1, na manhã deste domingo, e conquistou o bicampeonato da Supercopa Feminina. Jogando em casa, na Neo Química Arena, as corintianas confirmaram o favoritismo e conseguiram uma vitória tranquila depois de abrirem o placar logo no primeiro lance da partida. A equipe paulista chegou ao décimo quarto título desde a reestruturação em 2016.

Essa foi a segunda edição da Supercopa Feminina, competição criada para valorizar o início do calendário do futebol feminino. Com a vitória, o Corinthians continua sendo o único campeão do torneio. Na campanha deste ano, o Alvinegro superou Atlético Mineiro (1 a 0) e Internacional (2 a 1) antes de vencer o Flamengo na final.

+ Flamengo em 3º lugar: lembre as colocações dos sul-americanos em Mundiais desde 2005

INÍCIO ARRASADOR DO CORINTHIANS

Continua após a publicidade

O Corinthians iniciou a partida de forma arrasadora e abriu o placar com apenas 46 segundos de jogo. Depois de bela defesa de Bárbara em chute de Vic Albuquerque, o rebote sobrou para Tamires e a lateral-esquerda, que atuou na segunda linha nesta partida, balançou as redes.

MINUTOS DE EQUILÍBRIO ATÉ AVALANCHE CORINTIANA

Continua após a publicidade

Nos vinte e cinco minutos seguintes, o Flamengo conseguiu segurar o ímpeto corintiano e equilibrar o jogo. A equipe rubro-negra até conseguia ficar mais tempo com a bola, mas não transformava a posse em chances de gol. A melhor oportunidade do time de Luis Andrade na primeira etapa veio em cobrança de falta de Jucinara aos 27 minutos.

Logo após a grande chance rubro-negra, um balde de água fria. Em contra-ataque, Vic Albuquerque tentou driblar Bárbara e foi derrubada pela goleira do Flamengo dentro da área. Na primeira cobrança de pênalti, a arqueira defendeu a batida de Milene, mas a atacante marcou no rebote. A arbitragem, porém, mandou voltar a penalidade por invasão na área e, na segunda tentativa, Milene converteu com categoria.

Continua após a publicidade

O segundo gol do Corinthians abalou de vez a equipe rubro-negra. O Alvinegro criou mais uma chance logo na sequência em bela jogada de Belinha. Já nos acréscimos da primeira etapa, Vic Albuquerque enfiou bela bola para Milene e a atacante finalizou no cantinho, sem chances para Bárbara. 3 a 0 no primeiro tempo.

CONFIRMAÇÃO DO TÍTULO NO SEGUNDO TEMPO

Com a tranquilidade oferecida pelo placar, não demorou para o Corinthians ampliar contra o Flamengo. Aos onze minutos da segunda etapa, Gabi Portilho fez jogada sensacional pela direita e cruzou na medida para Tamires marcar seu segundo gol, e quarto do Timão, na partida.

Mesmo com poucas chances de uma virada, o Flamengo conseguiu terminar a partida de forma digna. Aos 23 minutos da segunda etapa, o Rubro-Negro descontou em cobrança de escanteio. Jucinara jogou a bola na área e a zagueira e capitã, Daiane Santos, marcou de cabeça. Na reta final, a atacante Crivelari ainda teve três chances de diminuir a vantagem corintiana (um chute cara a cara com a goleira Lelê e duas boas finalizações de fora da área).

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X FLAMENGO

​Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Data e horário: 12/2/2023, às 10h15 (de Brasília)

Árbitra: Thayslane de Melo Costa

Assistentes: Leila Naiara Moreira da Cruz e Anne Kesy Gomes de Sá

​Cartões amarelos: Millene e Jaque (COR); Maria Alves, Bárbara, Sole Jaimes e Thaís Regina (FLA)

Cartões vermelhos: Nenhum

Gols: Tamires (1/1ºT e 11/2ºT), Millene (35/1ºT e 48/1ºT) e Daiane (23/2ºT)

CORINTHIANS: Lelê; Belinha (Katiuscia, 36/2ºT), Tarciane, Andressa e Yasmim (Jaque, 28/2ºT); Ju Ferreira, Diany (Gabi Morais, 20/1ºT) e Vic Albuquerque (Liana Salazar, 20/1ºT); Gabi Portilho, Millene (Jhennifer, 28/2ºT) e Tamires - Técnico: Arthur Elias

FLAMENGO: Bárbara; Monalisa (Rayanne. 1/2ºT), Daiane, Thaís Regina e Jucinara; Kaylane (Kaylaine Jr, 43/1ºT), Thaisa (Augustina Barroso, 1/2ºT) e Duda; Crivelari, Maria Alves (Gica, 14/2ºT) e Sole Jaimes - Técnico: Luis Andrade

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.