Lance Consumo de suplementos alimentares cresce no Brasil

Consumo de suplementos alimentares cresce no Brasil

Pesquisa revela preocupação dos brasileiros com a saúde durante a pandemia

Lance
Lance

Lance

Lance

Os brasileiros estão consumindo mais suplementos alimentares. Essa é a principal constatação da pesquisa realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD), que registrou importantes mudanças no comportamento do consumidor durante a pandemia do novo coronavírus. No ano passado, pelo menos uma pessoa consumiu algum suplemento alimentar em 59% dos domicílios do país, um aumento de 10% em relação à primeira pesquisa realizada em 2015.

O estudo complementar da pesquisa realizada pela ABIAD indicou aumento de 48% no consumo de suplementos durante o isolamento social e a manutenção da alta nas vendas da categoria no longo prazo.

‘’O consumidor está mais tempo conectado e em busca de produtos para fortalecer sua imunidade. Com a reabertura do comércio, nós percebemos o aumento significativo das vendas’’, afirma Alexandre Nasser, diretor de marketing da New Millen, uma das marcas do setor no Brasil.

Segundo Nasser, a empresa sentiu os impactos do fechamento das academias e da redução das práticas esportivas no período de maior restrição à circulação de pessoas, mas o cenário já apresenta mudanças. ‘’No primeiro momento, nosso principal nicho parou por completo, o que reduziu drasticamente o consumo. Hoje, a demanda reprimida está favorecendo nossos lançamentos”, ressalta.

Ainda de acordo com o estudo complementar da ABIAD, 91% dos entrevistados afirmaram consumir suplementos para fortalecer a imunidade e 70% deles declararam que continuarão usando os produtos depois da pandemia.

‘’Acreditamos que essas mudanças vieram para ficar. A venda de produtos para bem-estar e qualidade de vida tende a crescer ainda mais’’, conclui Alexandre Nasser.

Fonte: e4 agência

Últimas