Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Confederação Brasileira de Atletismo se posiciona após destruição da pista do Ibirapuera

Local receberá evento de automobilismo no próximo mês

Lance|

Lance
Lance Lance (Lance)

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) lamentou a destruição da pista de atletismo do Estádio Ícaro de Castro Melo, o Ibirapuera, em São Paulo, para a realização de um evento de automobilismo. Em nota oficial emitida nesta terça-feira (13), o presidente do órgão, Wlamir Motta Campos, manifestou indignação com a situação e exaltou a história da pista.

Os organizadores do Ultimate Drift Brasil compartilharam nas redes sociais um vídeo das obras no estádio para receber o evento (assista a seguir). O conteúdo repercutiu na internet nos últimos dias, e a intervenção foi muito criticada pela comunidade do atletismo no Brasil.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

O paratleta Alex Pires, que bateu o recorde brasileiro dos 5000m na categoria T46 em Ibirapuera, questionou os organizadores sobre a destruição do local. Em resposta, a Ultimate Drift Brasil alegou que a pista já estava imprópria para a prática da modalidade e destacou a obra como uma herança positiva.

Continua após a publicidade

- Somos muito orgulhosos pelos resultados que trouxe ao nosso Brasil, também somos um esporte e respeitamos todos os demais, creio que sua revolta não deva ser com nós. Caso você não saiba, a família de um dos sócios é formada por um atleta olímpico. O piso do estádio estava destruído e, há anos, impossibilitava a realização de atletismo. A Ultimate Drift está custeando toda retirada do piso danificado e regularização do piso debaixo, o que acreditamos que de imediato já possibilitará a volta da prática de atletismo recreativo, além de adiantar parte do processo de restauração. Desta forma, entendemos sua revolta quanto a falta de atletismo, mas o esporte Drift não esta atrapalhando e sim melhorando o local - escreveu a página.

➡️Além de Guilherme Costa e Ana Marcela: saiba os atletas que se classificaram para Paris 2024

Continua após a publicidade

O depoimento não bate com o posicionamento da CBAt, que disse que recebeu a notícia com perplexidade. No entanto, a Confederação também reforçou o desejo de que a pista seja restaurada para voltar a receber grandes competições de atletismo. Veja abaixo a nota na íntegra.

"A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) recebeu com perplexidade a notícia, veiculada pelas redes sociais, e lamenta profundamente a utilização da pista de atletismo do Estádio Ícaro de Castro Melo, o Ibirapuera, localizado no Complexo Esportivo Constâncio Vaz Guimarães, para a realização de etapa da Ultimate Drift, prova em que os carros deslizam nas curvas e andam de lado, em 9 e 10 março.

Continua após a publicidade

A CBAt vem a público para informar sua imensa indignação por ver o templo do atletismo paulista, que recebeu competições internacionais importantíssimas, com a presença de campeões olímpicos e mundiais do Brasil e do mundo, e foi a casa de treinamento de campeões mundiais e olímpicos, deteriorada e, talvez, destruída. Há o temor pelo comprometimento também da estrutura da pista, além da deterioração da borracha.

Reforçamos a defesa pela restauração da pista e a modernização do Ibirapuera que poderá receber edições de Grand Prix e Troféu Brasil, entrando na rota das grandes competições nacionais e internacionais."

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.