Lance Condenado por corrupção, venezuelano é banido por 14 anos do tênis

Condenado por corrupção, venezuelano é banido por 14 anos do tênis

Tenista de 32 anos reconheceu suas infrações e colaborou com os investigadores

Lance
Lance

Lance

Lance

A Agência Internacional de Integridade do Tênis (ITIA) acaba de anunciar o banimento do tênis por 14 anos do venezuelano Roberto Maytín, de 32 anos, que foi considerado culpado em inquérito de corrupção do tênis.

De acordo com a ITIA, Maytín admitiu a culpa por três violações do código de conduta do tênis profissional e confessou ter negligenciado contato de pessoas terceiras para combinação de resultados; tentativa de conceber um resultado em quadra de acordo com interesse de terceiros - popularmente conhecido como 'venda de resultados'-; e tentar influenciar negativamente companheiro de circuito.

Maytín tem como principal ranking da carreira a posição 86º da ATP no ranking de duplas em 2015. Ao admitir a culpa na investigação, o tenista da Venezuela reconhece seu erro, concorda com a pena de suspensão do circuito e de qualquer relação com o tênis profissional por 14 anos, bem como renuncia ao direito de buscar recorrer da pena.

As infrações do tenista ocorreram entre 2017 e 2018, de acordo com a ITIA.

Para além dos 14 anos, Maytín foi multado em US$ 100 mil, cerca de R$ 566 mil, mas por colaborar com o processo teve US$ 75 mil do valor abatido da multa final.

Últimas