Lance Condenação que faz Santos receber cerca de R$ 40 milhões por Cueva diverte web: 'Finalmente notícia boa'

Condenação que faz Santos receber cerca de R$ 40 milhões por Cueva diverte web: 'Finalmente notícia boa'

Torcedores usaram redes sociais para brincarem com situação 'inusitada'

Lance
Lance

Lance

Lance

Os torcedores do Santos se divertiram com a decisão da Fifa que obriga o Pachuca, do México, e o meia peruano Cueva, ex-Vila Belmiro, a pagarem cerca de R$ 37 milhões ao clube brasileiro. O jogador se transferiu ao clube mexicano, em fevereiro, sem consentimento do Peixe. Nas redes, os internautas levaram com bom humor a "boa notícia".

+ Veja os próximos clubes clubes que o Santos pode pegar na Libertadores

+ Como terminaria o Brasileirão se os resultados do 1º turno se repetissem? Veja simulação!

O time russo Krasnodar, clube com quem o Alvinegro negociou Cueva em janeiro de 2019, precisa receber 7 milhões de dólares (R$ 35 milhões) que nunca foram pagos pelo Peixe pela contratação do jogador. A decisão ainda pode ser recorrida em recurso no Tribunal Arbitral do Esporte.

No Twitter, o nome do atleta peruano, que também vestiu a camisa do São Paulo no estado, chegou a ser um dos assuntos mais comentados do dia. Em alguns posts, os internautas brincaram sobre a veracidade da notícia, "que seria boa demais para o clube.

Fora dos gramados, o Santos vive uma crise financeira e convive com a troca do mandado do presidente Orlando Rollo, que dará espaço ao eleito Andrés Rueda. Outros internautas desabafaram com "finalmente uma notícia boa".

- Finalmente chegou a hora do Santos parar de se f* em uma transferência - escreveu um torcedor, que foi rebatido por outro santista.

- Ao contrário, chegou a hora do bloqueio na Fifa sair e o Santos voltar a fazer contratações m*.

Além disso, o clube está impedido pela Fifa de inscrever novos atletas por conta de dívidas antigas. O Santos foi condenado a pagar R$ 694.839 diretamente ao jogador por pendências trabalhistas.

Veja algumas das brincadeiras no Twitter:

Últimas