Lance Comparado a Ademir da Guia por Adilson Batista, Marco Antônio fala da espera por Enderson e dos ídolos

Comparado a Ademir da Guia por Adilson Batista, Marco Antônio fala da espera por Enderson e dos ídolos

O jovem meia é uma das apostas do Cruzeiro para o presente e futuro do clube

Lance
Lance

Lance

Lance

Enquanto o futebol não volta, o torcedor pode especular e imaginar como será o futuro de seu time. É o caso do cruzeirense, que está na espera do início do trabalho do técnico Enderson Moreira. Quem está ansioso para conhecer e saber como será aproveitado pelo treinador é o meia Marco Antônio, de 19 anos, cria da base celeste e uma das esperanças para o presente e futuro da Raposa.

O jogador já foi comparado com Ademir da Guia pelo ex-técnico Adilson Batista quando trouxe o jovem da base para o time principal.

-Marco Antônio é o Ademir da Guia clássico da grande Academia do Palmeiras. Eu vou tentar arrumar lugar para jogador inteligente, e ele é um deles. Mas é o segundo jogo, tem 18 treinos só. Precisamos ter um pouco de calma para encaixar tudo-disse o ex-treinador da Raposa no início do ano.

Alçado ao time principal este ano por Adilson, o jovem meio de campo, teceu elogios ao ex-treinador e comentou sua expectativa de trabalhar com Enderson e seu início no profissional.

-Ninguém tem nada a reclamar do Adilson, ajudou demais a gente - aos garotos, principalmente. Houve essa mudança, mas temos muitas boas referências do Enderson: um cara extremamente profissional, que ajuda seus atletas, o que é mais importante para nós. A expectativa é muito boa, das oportunidades e, principalmente, de aprender com ele e com a comissão técnica dele. Acredito que vamos colher bons frutos- disse o jovem meia à Rádio Itatiaia, que tem alguns craques do futebol mundial como referências dentro das quatro linhas.

-Nunca escondi de ninguém, e não é para fazer média, que eu gostava de ver o Alex jogando. Vi pouco no Cruzeiro, mas no Fenerbahçe vi alguns vídeos e, quando ele voltou para o Coritiba, eu acompanhei também. Gostava muito do estilo dele. Atualmente, gosto muito do De Bruyne, do Manchester City, e somos da mesma posição, acredito que temos características parecidas. Vejo alguns vídeos e me espelho um pouco nele também-contou Marco Antônio, que terá seu segundo técnico no time profissional com a chegada de Enderson Moreira.

Últimas