Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Como é a pista de Singapura? Conheça o palco da próxima corrida da Fórmula 1

País do Sudeste Asiático sediará mais uma corrida da categoria, saiba como é o circuito

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

Singapura é palco da 15° etapa da Fórmula 1 deste ano. O país do Sudeste Asiático já presenciou diversas decisões de título e até polêmicas fora da pista, que chegaram até os tribunais. A prova é considerada a de maior duração da categoria, ou seja, sempre terminou próximo ao limite regulamentar de duas horas. A corrida será realizada entre os dias 15 e 17 setembro.

O local possui cinco quilômetros de extensão e um dos traçados mais desafiadores do ano. Para tirar as suas dúvidas e trazer curiosidades, o Lance! apresenta o Circuito Marina Bay, próxima etapa da categoria.

MUDANÇAS NOS CIRCUITO

Por ser um circuito de rua, as ultrapassagens costumam ser difíceis, como era o caso de Marina Bay até esse ano, onde houveram mudanças em partes da pista. Há outras consequências, como corridas com um pouco menos de ação que o desejado. Com a modificação, agora há mais retas e menos curvas, ajudando a ter uma corrida mais agitada.

Publicidade

As mudanças provocarão a remoção de uma das arquibancadas e diminuirão o tamanho da pista, de 5,063 km para 4,928 km.

De acordo com os dirigentes locais, o novo traçado eliminará as curvas 16, 17, 18 e 19, transformando o trecho em uma reta de 397,9 metros. Assim, passando a ter 19 curvas, ao invés das 23 curvas da pista usada até 2022.

Publicidade

+ Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

MARINA BAY NA VISÃO DOS PILOTOS

Publicidade

Como a maioria dos circuitos de rua, o de Singapura também exige muita concentração - devido às velocidades baixas e pouco tempo para descanso nas retas curtas - e são conhecidos por serem mentalmente desgastantes. Não só mental, mas física, já que o piloto pode perder até 1.4 quilogramas durante a prova.

Além disso, o calor é um dos maiores fatores aos quais as equipes precisam se ajustar quando correm em Marina Bay. A umidade média durante todo o ano em Singapura é superior a 80%. Os pilotos podem estar habituados às condições quentes quando correm no Oriente Médio ou na Europa no auge do verão, mas nada se compara às condições deste país.

Para preparação, os pilotos e seus preparadores físicos utilizam maneiras criativas de melhorar a resistência durante a prova. Como é o caso de adicionar camadas extras de roupas para exercícios de rotina ou simplesmente sentar na sauna em temperatura muito alta, como forma de ensinar ao corpo o que esperar.

Um exemplo de como é uma corrida exaustiva é a declaração de Daniel Ricciardo, atualmente na Alpha Tauri, para o site Motorsport. O australiano revelou que foi a corrida mais árdua e difícil que já realizou.

⦁ Só me lembro que aquela corrida foi apenas uma tarefa árdua para mim. Saí do carro e lembro de dizer que foi fisicamente a coisa mais difícil que já fiz - disse o piloto.

O final de semana em Singapur se inicia no dia 15, sexta-feira, com a classificação no sábado (16) e a corrida no domingo (17).

DADOS DE MARINA BAY

⦁ Superfície: Asfalto

⦁ Comprimento do circuito: 5,063 km (3,146 mi)

⦁ Curvas: 19

⦁ Volta mais rápida: 1:41.905 (Kevin Magnussen, Haas-Ferrari, 2018, Fórmula 1)

⦁ Maior vencedor: Sebastian Vettel

⦁ Equipe com mais vitórias: Mercedes e RedBull

⦁ Mais Pole Positions: Sebastian Vettel e Lewis Hamilton

⦁ Pódios: Sebastian Vettel

*JOYCE RODRIGUES colaborou sob supervisão de Ricardo Guimarães.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.