Lance Com testes diários, Palmeiras pode ter prazo menor para volta de contaminados pela Covid-19

Com testes diários, Palmeiras pode ter prazo menor para volta de contaminados pela Covid-19

Anteriormente, retorno seria em, no mínimo, dez dias de quarentena, mas por estarem assintomáticos, liberação pode acontecer em menos tempo, com resultado negativo

Lance
Lance

Lance

Lance

O elenco do Palmeiras se reapresentou na última quarta-feira e entre os testes realizados pelo clube estava o de Covid-19, que diagnosticou cinco atletas com resultado positivo para a doença. Em outros tempos, todos eles estariam certamente afastados por, no mínimo, dez dias, mas atualmente o Verdão trabalha com a possibilidade de retorno em um período menor de quarentena.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Segundo apurou o LANCE!, o Alviverde acredita que poderá contar com Weverton, Patrick de Paula, Gustavo Scarpa, Breno Lopes e Rafael Navarro em um prazo menor do que era tratado como protocolo anteriormente. Todos eles estão assintomáticos e serão monitorados diariamente, sendo submetidos a testes para detectar se seguem "positivados" ou se já estão "negativos".

Por estarem sem sintomas da doença, um exame com resultado negativo para coronavírus já poderia liberar os atletas para os treinos com o restante dos companheiros, uma vez que o começo da doença pode ter acontecido há algum tempo e já podem estar no fim do prazo de dez dias de quarentena ao qual seriam submetidos em outros tempos. Por isso, não há uma preocupação grande com a defasagem de treinamento em relação aos companheiros.

Recentemente, o CDC, Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, reduziu o tempo recomendado de quarentena para pessoas com resultado positivo de Covid-19. De dez dias, esse período passou para cinco, já que, de acordo com estudos, o período de contaminação ocorre no início da doença, o que justificaria o tempo de apenas cinco dias de isolamento.

- A mudança é motivada pela demonstração científica de que a maior parte da transmissão da SARS-CoV-2 ocorre no início do curso da doença, geralmente um ou dois dias antes do início dos sintomas e dois ou três dias depois - diz o comunicado do órgão norte-americano em 27 de dezembro.

- Em 4 de janeiro, o CDC atualizou as recomendações de isolamento e quarentena para Covid-19 para um período menor (para pessoas assintomáticas e com sintomas leves), de cinco dias, em que a pessoa tem maior potencial de infectar outras, seguido por um período adicional de cinco dias com uso de máscara - publicou o órgão na última quarta-feira.

Dessa forma, e tendo como base os mais recentes estudos científicos, o departamento médico do Palmeiras pode liberar os jogadores isolados em menos tempo do que o previsto, promovendo a reintegração deles ao grupo o mais breve possível. Vale destacar que nenhum dos casos preocupa para a disputa do Mundial de Clubes, que aconteceu apenas no mês de fevereiro.

Últimas