Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Com sauditas de olho, saiba como é a divisão dos direitos de Rony no Palmeiras

Empresário do atacante do Verdão revelou que quatro clubes da Arábia Saudita têm interesse em sua contratação

Lance

Lance|Do R7


Lance
Rony tem seus direitos econômicos divididos entre o Palmeiras e outras duas partes (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras tem buscado blindar seu elenco de propostas do mercado externo, mas a Arábia Saudita parece disposta a insistir. Dessa vez o alvo foi o atacante Rony, que segundo seu empresário, desperta o interesse de "uns quatro" clubes sauditas. No entanto, o Verdão não quer saber de negociar um de seus pilares, a não ser pela multa rescisória. Além disso, o percentual dos direitos econômicos que pertence ao Alviverde é 50%.

+ Veja tabela da Libertadores-2023 clicando aqui

Embora o Lance! tenha consultado diversas fontes palmeirenses e do entorno do atleta, nenhuma delas revelou o valor fixado dessa multa rescisória. A reportagem soube, porém, que houve um reajuste nesse quesito na última renovação de contrato, que ampliou o vínculo até o fim de 2026.

+ Copo Stanley a partir de R$120,00. Bebida gelada nos 90' de jogo do Verdão!

Publicidade

Toda essa questão sobre Rony veio à tona na última sexta-feira (18), quando Hércules Jr, empresário do atleta, afirmou em entrevista a Rádio Liberal FM que o atacante teria mais de uma proposta de clubes da Arábia Saudita. O Palmeiras, por sua vez, não recebeu nenhuma oferta formal, mas nem pretende conversar caso elas cheguem. Por estar de olho em dois títulos nesta temporada, a ideia é que ninguém mais saia, a menos que paguem a multa.

No início de 2020, o Verdão contratou Rony junto ao Athletico-PR depois de uma longa negociação com idas e vindas. O negócio foi fechado por 6 milhões de euros (R$ 28 milhões na cotação da época) por 50% dos direitos econômicos do atleta. Os outros 50% ficaram divididos entre o empresário do jogador (15%) e o Furacão (35%).

Publicidade

+ Por foco total na Libertadores, Palmeiras afasta assédio de árabes por Rony

Dessa forma, caso Rony seja vendido ao mercado saudita ou a qualquer outro, o Alviverde ficará com apenas metade do valor da negociação. Se o acordo saísse por 10 milhões de euros (R$ 53,6 milhões na cotação atual), o Palmeiras embolsaria 5 milhões de euros (R$ 26,8 milhões).

A verdade é que Rony segue com o Verdão e está na Colômbia com a delegação para enfrentar o Deportivo Pereira, nesta quarta-feira (23), às 21h30 (de Brasília). O atacante será titular no jogo de ida das quartas de final da Libertadores.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.