Lance Com Felipão, Hulk e Paulinho, arrancada do Atlético-MG no fim do Brasileirão é fator de otimismo para 2024

Com Felipão, Hulk e Paulinho, arrancada do Atlético-MG no fim do Brasileirão é fator de otimismo para 2024

Com a melhor campanha do segundo turno, Galo terminou o Brasileirão em terceiro lugar

Lance
Lance

Lance

Lance

Com eliminações dolorosas e instabilidade no comando técnico, o Atlético-MG não correspondeu às expectativas no primeiro semestre de 2023. Porém, sob o comando de Felipão e a parceria de Paulinho e Hulk no ataque, o Galo teve a melhor campanha do segundo turno no Brasileirão e inicia o planejamento para 2024 com otimismo.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

O CAPITÃO BIG PHIL

Contratado para substituir Eduardo Coudet, Felipão conviveu com críticas e pressão da torcida pelos maus resultados no Brasileirão. A eliminação diante do Palmeiras, nas oitavas de final da Libertadores, parecia um ponto final não só no ano do Galo, como também na carreira do técnico pentacampeão com a Seleção Brasileira.

18 pontos atrás do líder Botafogo na última rodada do primeiro turno, a briga pelo título parecia improvável, mas Felipão conseguir organizar o Atlético, que não só se aproximou da vaga à Libertadores, como passou a ameaçar os postulantes ao título brasileiro.

DUPLA DE (MUITO) SUCESSO

A recuperação do Galo também passa pelos pés de Paulinho e Hulk. A dupla foi responsável por 66% dos gols da equipe em 2023, liderando o Brasileirão em participações em gols, com 48.

Apenas quatro gols do Atlético no Brasileirão não tiveram toque de um dos atacantes. A última vez que a dupla passou 90 minutos sem marcar ou assistir foi na derrota contra o Cruzeiro, na 28ª rodada. No segundo turno, todos os jogos que o Atlético balançou as redes tiveram ao menos um gol de Hulk ou Paulinho.

+ Veja como ficou a tabela do Brasileirão após a última rodada

OLHO EM 2024

Após a derrota para o Bahia, Felipão confirmou que tanto ele quanto o Atlético-MG vão cumprir o contrato, e o treinador seguirá até dezembro de 2024. Além dele, Rodrigo Caetano, diretor de futebol do Galo, abafou o interesse do Corinthians e sinalizou que seguirá no clube mineiro para o próximo ano.

- Afirmar para vocês que eu jamais estaria liderando o departamento de futebol do Galo com qualquer tipo de situação acordada com o outro clube. Tudo indica continuidade - disse Caetano durante entrevista coletiva.

Felipão e Rodrigo Caetano se reunirão na sexta-feira (8) para iniciar o planejamento do Atlético-MG. Em 2024, o Galo vai disputar o Campeonato Mineiro, Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores.

Últimas