Lance Com esperança de dias melhores, Vitória chega aos 122 anos de existência

Com esperança de dias melhores, Vitória chega aos 122 anos de existência

Equipe fundada no ano de 1899 passa por grave crise financeira e técnica com seguidas temporadas de resultados decepcionantes

Lance
Lance

Lance

Lance

Em um dos momentos mais críticos com relação aos resultados dentro e fora das quatro linhas, o Vitória completa 122 anos de existência nessa quinta-feira (13) com muitas melhorias a serem feitas para recuperar o posto de equipe elegível a primeira divisão do futebol nacional.

>A tabela do Vitória na Série B do Campeonato Brasileiro

Desde o rebaixamento do Nego em 2018 para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, a equipe tem sérias dificuldades tanto para montar um elenco competitivo (ao ponto de ficar nos últimos três anos fora até mesmo do mata-mata no Baianão e brigar contra o rebaixamento na Série B) como também pensando na captação de recursos.

Os problemas de ordem financeira tornam-se ainda mais latentes diante da verdadeira revolução administrativa e de aproveitamento de marca obtido pelo principal rival, cavando um 'abismo' entre as partes que parece cada vez mais difícil de ser reduzido que não seja pela tradição do segundo maior vencedor em títulos no estado.

Figura tão ligada ao clube quanto polêmica, o presidente Paulo Carneiro se caracterizou nos últimos anos por declarações fortes e posicionamentos notórios, mas que pouco se refletiram em melhorias concretas para o contexto do clube.

É fato que a rica história do rubro-negro de Salvador e toda a construção cultural existente na alma do torcedor. Construção essa em muito traduzida pela subida da estrutura do Barradão e o ganho técnico que trouxe a obra na região da capital onde, antes, jazia somente um aterro sanitário.

Porém, tudo o que foi erguido com suor, mérito e competência não podem ser encarados como símbolos de um passado que não tem retorno, mas sim como espelho de que o Esporte Clube Vitória tem capacidade suficiente para viver períodos bem mais gloriosos. Ou, ao menos, mais dignos de uma trajetória mais do que centenária.

Últimas