Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Com dois gols de Pedro Raul, Vasco goleia o Boavista e volta ao G4 do Carioca

Atacante se redime dos gols perdidos no jogo contra o Trem e comanda a vitória vascaína. Alex Teixeira e Puma Rodríguez fecham o placar...

Lance

Lance|Do R7


Lance
Lance

O Vasco venceu com facilidade o Boavista por 4 a 1, em São Januário, e voltou ao G4 do Campeonato Carioca. Pedro Raul se redimiu dos gols desperdiçados na goleada sobre o Trem, na última quinta-feira, e balançou a rede duas vezes, abrindo e fechando o placar. O atacante ainda serviu Alex Teixeira, que fez o primeiro dele em São Januário desde que voltou ao Cruz-Maltino. Puma Rodríguez também deixou o dele, o primeiro pelo time.

Com o resultado, o Vasco assumiu a terceira posição, com 17 pontos, um a mais que o Botafogo, quinto colocado. No próximo domingo, o Cruz-Maltino tem o clássico com o Flamengo, no Maracanã. A venda de ingressos para a torcida vascaína começa nesta terça-feira.

+ Confira a tabela de classificação do Cariocão e os próximos jogos

JOGO ABERTO

Publicidade

Apesar de ser o lanterna do Carioca e o grande azarão da partida, o Boavista foi quem criou as chances mais perigosas no início do jogo. Antes dos cinco minutos, o time de Saquarema já tinha cabeceado uma bola para fora e marcado um gol, mas Caio Felipe estava impedido na jogada. Os lances assustaram o Vasco, que passou a controlar a partida, deixando o gol maduro para acontecer.

MISTO DE SENTIMENTOS

Publicidade

Aos 10 minutos, Pedro Raul abriu o placar para o Vasco, ao finalizar da entrada da área, no cantinho, após receber um bom passe de Alex Teixeira. O gol fez o atacante se redimir de um lance anterior, no qual chutou de voleio para fora e indicava que os gols perdidos diante do Trem, na última quinta-feira, ficaram no passado. Só que o camisa 9 furou de forma bisonha, na pequena área, irritando boa parte dos torcedores.

TABELINHA BRASIL-URUGUAI

O Vasco seguiu empilhando chances e criou duas ótimas oportunidades pelo lado direito, com Gabriel Pec e Puma Rodríguez, que demonstraram grande entrosamento nesta partida. Na primeira jogada, Pec passou de calcanhar para o uruguaio e recebeu dentro da área, mas chutou para fora. Na sequência serviu Puma de cavadinha, o uruguaio dominou no peito e chutou cruzado, mas a bola explodiu na trave.

FIM DO JEJUM

Apesar da superioridade em campo, a torcida começou a ficar impaciente com os gols perdidos, mas aos 43 minutos, o grito de gol, enfim, foi solto da garganta. Alex Teixeira recebeu na frente da área, tocou para Pedro Raul, que fez um excelente pivô e devolveu no momento certo para o camisa 7 ficar cara a cara com o goleiro Fernando, que pegou o chute, mas não conseguiu evitar a cabeçada no rebote. Primeiro gol de Alex Teixeira, em São Januário, desde que ele voltou ao Vasco.

CASTIGO DA BOLA

O Vasco repetiu o volume de jogadas apresentado na goleada sobre o Trem. No entanto, também as desperdiçou como ocorreu na última quinta-feira, em Brasília. Nos primeiros minutos, foram algumas boas chances, principalmente nos pés de Gabriel Pec e Erick Marcus, que erraram o alvo. Melhor para o Boavista, que diminuiu com Di Maria, após rebote de Léo Jardim, em chute de Ryan.

GOL QUE HABLA

Após o gol, Barbieri mexeu no time e colocou em campo Barros, Nenê e Eguinaldo, e quis o destino que os dois últimos participassem de um gol, logo na primeira jogada. O camisa 10 bateu o escanteio, o cria resvalou a bola com a cabeça e deu um passe para Puma Rodríguez, na segunda trave, para marcar o gol que deu tranquilidade ao time.

REDENÇÃO

Pedro Raul já tinha marcado e dado uma assistência, mas precisava se redimir dos gols perdidos no último jogo e o fez. O atacante aproveitou a bola que sobrou após dois jogadores do Boavista se chocarem e chutou no meio do gol. A bola foi mascada, mas o goleiro esperava um chute no canto e pulou antes.

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO CARIOCA - 9ª RODADA

VASCO 4 X 1 BOAVISTA

Data e horário: Segunda-feira, 27/02/2023, às 19h30 (de Brasília)

Local: São Januário, Vasco da Gama, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus

Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Rafael Gomes Rosa

Público/Renda: 16.843 (pagantes), 17.537 (presentes); R$ 671.271,00

Cartões Amarelos: Caio Felipe, Eder (Boavista); Miranda, Puma Rodríguez (Vasco)

Cartões Vermelhos:

Gols: Pedro Raul (10' do 1ºT/1-0 e 27' do 2ºT/4-1), Alex Teixeira (43' do 1ºT/2-0), Di Maria (13' do 2ºT/2-1), Puma Rodríguez (22' do 2ºT/3-1)

​VASCO (Técnico: Mauricio Barbieri)

Léo Jardim; Puma Rodríguez, Miranda, Léo, Lucas Piton (Paulo Victor - intervalo); Rodrigo, Jair (Barros, 21'/2ºT) e Alex Teixeira (Nenê, 21'/2ºT); Gabriel Pec (Rayan, 32'/2ºT), Erick Marcus (Eguinaldo, 21'/2ºT) e Pedro Raul.

BOAVISTA (Técnico: Leandrão)

Fernando; Gustavo (Wandinho - intervalo), Diogo Rangel, Keven, e Plínio; Lucas Lucena, Ryan e Eder (Berê, 23'/2ºT); Caio Felipe, Marquinhos e Pablo (Di Maria - intervalo).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.