Lance Com Diego Costa, Brasileirão passa a ter 24 jogadores com experiência em Copa do Mundo

Com Diego Costa, Brasileirão passa a ter 24 jogadores com experiência em Copa do Mundo

Atacante foi anunciado pelo Atlético Mineiro neste sábado

Lance
Lance

Lance

Lance

Líder do Campeonato Brasileiro e vivo na Libertadores e na Copa do Brasil, o Atlético Mineiro segue investindo forte na busca por títulos em 2021. Neste sábado, após a vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, no Mineirão, o clube anunciou a chegada de mais um reforço de peso: Diego Costa. O atacante será o 24º jogador com experiência em Copa do Mundo a atuar neste Brasileirão.

Nascido em Lagarto, no Sergipe, Diego deixou o Brasil com apenas 18 anos, indo atuar no futebol português, pelo Penafiel. Em 2007, um ano depois, já estava comprado pelo Atlético de Madrid, da Espanha, sendo emprestado ao Celta de Vigo. Iniciava ali a longa e vitoriosa carreira do centroavante na Europa, o que lhe renderia convocações para a seleção. Aliás, seleções, no plural.

Destaque da equipe madridista, Costa chegou a ser convocado pelo técnico Felipão para dois amistosos, em 2013, contra Itália e Rússia, mas esteve em campo por apenas 33 minutos. Sem espaço, acabou aceitando o convite da Espanha no ano seguinte para se naturalizar e defender o país, então campeão mundial. Pela Fúria, disputou as Copas de 2014 e 2018, marcando três gols em seis atuações.

No Galo, Diego Costa se juntará a outros dois atletas que viveram essa experiência: Hulk e Eduardo Vargas. Os dois estiveram no Brasil em 2014 defendendo as suas seleções - brasileira e chilena, respectivamente.

Entre os 20 times da Série A, o que mais conta com jogadores de Copa é o Corinthians. Com a contratação recente de Renato Augusto, o time paulista chegou à marca de quatro atletas. Confira a lista completa do campeonato:

JOGADORES DO BRASILEIRÃO COM COPA DO MUNDO NO CURRÍCULO:

Atlético-MG (3): Diego Costa (2014-2018), Hulk (2014) e Vargas (2014)
Corinthians (4): Cássio (2018), Fagner (2018), Renato Augusto (2018) e Jô (2014)
Flamengo (3): Isla (2010-2014), Filipe Luís (2018) e Arrascaeta (2018)
​Fluminense (2): Abel Hernánez (2014) e Fred (2006-2014)
​Grêmio (3): Geromel (2018), Borja (2018) e Douglas Costa (2018)
​Internacional (3): Mercado (2018), Guerrero (2018) e Taison (2018)
Palmeiras (1): Felipe Melo (2010)
Santos (1): Carlos Sanchez (2018)
São Paulo (3): Daniel Alves (2010-2014), Miranda (2018) e Rojas (2014)
Sport (1): Hernanes (2014)

Últimas