Com começo arrasador, Santos vence Mirassol e pensa em Libertadores

Peixe resolve o jogo em 22 minutos no primeiro tempo e agora pensa na Libertadores.

Lance

Lance

Lance

O Santos venceu o Mirassol na noite deste sábado por 3 a 1, na Vila Belmiro, com gols de Pituca, Yuri Alberto e Sasha, já Rafael Silva descontou para o Mirassol. Foi a segunda vitória seguida do Peixe, que já tinha vencido o Defensa y Justicia no meio de semana pela Libertadores. Foi apenas a quinta vitória no ano do time de Jesualdo Ferreira que começa ter mais tranquilidade no cargo.

COMEÇO ARRASADOR

O começo de partida do Santos foi muito bom. Explorando o lado esquerdo, principalmente com Soteldo e Felipe Jonatan, que já tinha ido muito bem no clássico contra o Palmeiras. Foi pelo lado esquerdo que o lateral esquerdo encontrou Pituca na área que fez um belo gol aos quatro minutos do primeiro tempo, criou chance clara desperdiçada por Yuri Alberto aos cinco minutos do e o gol de Yuri Alberto aos 19 da primeira etapa. Aos 22 minutos o Santos já vencia por 3 a 0.

BOLA AÉREA ATRAPALHOU

Se o Santos fez uma boa partida, criando muitas chances, o Mirassol, que vem sendo um dos principais clubes da edição do Campeonato Paulista, conseguiu suas chances mais perigosas a partir das jogadas pelo alto e foi assim que conseguiu tirar seu placar do zero, no gol do atacante Rafael Silva. Além do gol, o time paulista ameaçou o gol de Everson pelo menos mais três vezes com bolas aéreas.

DISCUSSÃO ENTRE AMIGOS

Após o arbitro sinalizar o apito final na primeira etapa, Soteldo e Pituca discutiram e foram separados pelos companheiros até a saída para o vestiário.

QUEDA DE RITMO

Se o primeiro tempo do Santos foi arrasador, a segunda etapa do Santos teve uma queda muito grande de ritmo. O time enfrenta o Delfin do Equador na terça-feira, pela Libertadores, e as principais peças já pareciam pensar no confronto continental, clara prioridade do Peixe em comparação ao Campeonato Paulista. Mesmo com a queda o time tentou buscar o jogo até o final, mas também permitiu que o Mirassol criasse boas chances defendidas por Everson.

DE GOLEIRO?

Aos 42 minutos do segundo tempo Soteldo sofreu uma falta perigosa na entrada da área. Com a vantagem no placar, o goleiro Everson decidiu bater a falta. O goleiro já fez gols de falta quando vestia a camisa do Ceará, só que dessa vez a falta ficou na barreira.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3 X 1 MIRASSOL

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data-Hora: 7 de março de 2020 - 19h30
Arbitragem: Ilbert Estevam da Silva | Nota L!: 6
Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa e Risser Jarussi Corrêa
Gramado: Bom
Público e renda: Não divulgado
Cartões amarelos: Everson, Madson, Pituca E Soteldo (SAN); Matheus Rocha (MIR);
Cartões vermelhos: Nenhum;

GOL: Pituca 3'/1ºT (1-0), Yuri Alberto 18'/1ºT (2-0), Sasha 21'/1ºT (3-0) ; Rafael Silva (MIR) 31'/1ºT (3-1)

SANTOS
Everson, Madson (Pará 33'/2ºT), Lucas Veríssimo, Luan Peres, Felipe Jonatan; Jobson, Sánchez e Pituca; Sasha (Arthur Gomes 17'/2ºT), Yuri Alberto (Kaio Jorge 27'/2ºT) e Soteldo. Técnico: Jesualdo Ferreira

MIRASSOL
​Kewin, Daniel Borges, Luiz Otávio, Reniê e Ernandes; Luís Oyama, Neto Moura (André Castro, Intervalo) e Camilo; Matheus Rocha (Maranhão, Intervalo), Chico (Dellatorre 27'/2ºT) e Rafael Silva. Técnico: Ricardo Catalá