Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Com a presença de Ronaldo, Mosquito tem volta triunfal e busca empate do Corinthians com o Cruzeiro pelo Brasileirão

Após 10 meses sem jogar, por conta de uma grave lesão no joelho, Mosquito entrou no segundo tempo e empatou para o Timão...

Lance

Lance|Do R7


Longe de fazer as melhores atuações, mas com a garra costumeira, o Corinthians viu uma derrota desenhada se tornar empate no último minuto contra o Cruzeiro, na noite deste sábado (19), pela primeira rodada do segundo turno do Brasileirão. No Mineirão, a partida terminou com o resultado de 1 a 1. Rafael Elias abriu o placar para a Raposa. Foi o primeiro gol do centroavante com a camisa cruzeirense. O empate corintiano foi anotado por Gustavo Mosquito, que entrou no segundo tempo. O jogador fez o seu primeiro jogo após 10 meses se recuperando de uma grave lesão no joelho direito sofrida no fim do ano passado. 

O jogo teve a ilustre presença de Ronaldo Fenômeno no estádio. Principal acionista cruzeirense, o ex-atacante também é ídolo corintiano, onde jogou entre 2009 e 2011, e foi campeão paulista e da Copa do Brasil na sua primeira temporada vestindo a camisa alvinegra.

+ Assista aos jogos do seu clube do coração com aquela gelada! Copo Stanley a partir de R$120,00

CINCO LANCES QUE MARCARAM A PARTIDA

Publicidade

> PRESENÇA ILUSTRE! O ex-atacante Ronaldo Fenômeno esteve no Mineirão e acompanhou a partida da Raposa, um dos clubes que ele administra. Ainda assim, enquanto atleta, o ídolo tem história com a camisa corintiana, onde jogou entre 2009 e 2011 e é um dos grandes nomes da história do clube alvinegro.

> CÁSSIO ATÉ TENTOU EVITAR... demorou 30 minutos para alguma das equipes chutarem em direção pela primeira vez. Mas quando isso aconteceu, o goleiro corintiano estava atento e espalmou o chute de Arthur Gomes. Minutos depois, Wesley avançou, invadiu a área, bateu e parou novamente no Gigante.

Publicidade

> ...MAS O CRUZEIRO SAIU NA FRENTE! Aos 44 minutos, o Wesley corintiano tentou cavar uma falta, mas o Cruzeiro aproveitou para puxar contra-ataque com o seu Wesley, que deixou Felipe Augusto e Moscardo para trás, serviu Bruno Rodrigues que deixou o centroavante Rafael Elias na cara do gol para marcar pela primeira vez com a camisa azul e sob olhares do chefe.

> INACREDITÁVEL, PAPAGAIO... No início do segundo tempo, Cássio fez um milagre após cabeceio do zagueiro Luciano Castán. No rebote, Rafael Elias se atirou na bola na pequena área e mandou para fora. Mas o que foi isso, Papagaio?! Mas o centroavante tem crédito. Essa o chefe não curtiu.

> MOSQUITO VOLTOU, VOOU E MARCOU! Quando o jogo parecia perdido para o Corinthians, uma estocada final, já nos acréscimos definiu o resultado da partida. Moscardo tomou a bola no meio-campo e acionou Romero pela esquerda. O paraguaio cruzou, o atacante Gustavo Mosquito mergulhou e empatou o marcador. O camisa 19 entrou no decorrer do segundo tempo. Ele não era relacionado para uma partida havia 10 meses, por conta de uma grave lesão sofrida no joelho direito.

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

Um primeiro tempo que começou com o Corinthians dando a bola para o Cruzeiro, que até tinha domínio no campo adversário, mas pouco criava. Foi um excesso de cruzamentos do lado mineiro na etapa inicial: 15, sendo que apenas três corretos. Então, a Raposa, aos poucos, foi diminuindo o ímpeto e dando mais a posse para o Timão, que foi nulo ofensivamente. Com Rojas perdido, jogando centralizado, e Biro inoperante pelo lado direito, o Timão jogava na base da bola no Wesley, que constantemente recebia sozinho pela esquerda - e isso seria crucial para o gol sofrido no fim da primeira etapa. Ao diminuir a posse de bola, os cruzeirenses começaram a criar mais chances. Primeiro, com Arthur Gomes finalizando de fora da área e parando na defesa do goleiro Cássio. Depois, Wesley arrancou, invadiu a área e novamente ficou na intervenção do arqueiro corintiano. Já aos 44 minutos, o camisa 11 do time azul disparou novamente, deixou dois marcadores para trás e soltou para Bruno Rodrigues, que deixou o centroavante Rafael Elias na cara do gol para tocar na saída de Cássio. No início da jogada, Wesley tentou cavar uma falta, ao receber isoladamente, mas o lance foi ignorado tanto pela aribtragem de campo, quanto a de vídeo.

E A ETAPA FINAL?

No segundo tempo teve o Corinthians dando amostras que sairia mais o jogo nos primeiros minutos. Mas, novamente, a falta de criação era visível. Não demorou muito para o técnico Vanderlei Luxemburgo mudar todo o ataque, promovendo as entradas de Ruan Oliveira, Giovane e Gustavo Mosquito. O último, voltando a jogar após 10 meses, já que no fim do ano passado sofreu uma grave lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito. E justamente o camisa 19 foi o decisivo para a definição do resultado, quando aproveitou o cruzamento de Romero, pelo lado esquerdo, e mergulhou para marcar o gol de empate corintiano. 

OS NÚMEROS DO JOGO

O QUE VEM POR AÍ

O Corinthians volta a jogar pelo Brasileirão no próximo sábado (26), às 21h (de Brasília), contra o Goiás. Mas, antes, o Timão terá compromisso pela Copa Sul-Americana na terça-feira (22), contra o Estudiantes, da Argentina.

Já o Cruzeiro, fora de competições continentais, retorna a entrar em campo no próximo domingo (27), às 16h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, em Porto Alegre.

+ Confira mais detalhes de como foi a partida

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 1 CORINTHIANS

CAMPEONATO BRASILEIRO - 24ª RODADA

Local: estádio do Mineirão, Belo Horizonte

Data e hora: 19 de agosto de 2023, às 21h (de Brasília)

Árbitro:Rafael Rodrigo Klein (RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA/RS) e Michael Stanislau (RS)

Árbitro de vídeo:Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Lucas Silva e Arthur Gomes (Cruzeiro); Caetano, Gabriel Moscardo e Biro (Corinthians)

Cartões vermelhos:

GOLS: 1-0 Rafael Elias (44'/1T); 1-1 Gustavo Mosquito (52'/2T)

CRUZEIRO

Rafael Cabral; Palacios, Neris, Luciano Castán e Marlon; Matheus Jussa, Lucas Silva e Bruno Rodrigues (Nikão, 36'/2T); Wesley (Robert, 36'/2T), Rafae Elias (Gilberto, 40'/2T) e Arthur Gomes (Machado, 20'/2T). Técnico: Pepa

CORINTHIANS

Cássio; Bruno Méndez (Léo Maná, 23'/2T), Lucas Veríssimo, Caetano e Matheus Bidu; Gabriel Moscardo, Giuliano e Matías Rojas (Romero, 23'/2T); Biro (Ruan Oliveira, 11'/2T), Felipe Augusto (Giovane, 11'/2T) e Wesley (Gustavo Mosquito, 11'/2T).

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.