Lance Clube brasileiro fecha as portas após acusação de incentivo ao turismo sexual

Clube brasileiro fecha as portas após acusação de incentivo ao turismo sexual

Depois de vazamento de e-mail, o Campo Grande Cowboys, de futebol americano, informa que 'não existe motivação' para continuar existindo...

Lance
Lance

Lance

Lance

O time brasileiro de futebol americano Campo Grande Cowboys, do Mato Grosso do Sul, anunciou o fechamento das portas após vazamento de e-mail polêmico que levou o clube a ser acusado de incentivo ao turismo sexual. A mensagem, descoberta pelo jornalista Danilo Lacalle, tentava recrutar atletas de fora do país com a promessa de que "garotas aqui amam estrangeiros".

Em publicação nas redes sociais, o jornalista contou que Gustavo Mandu, cujo nome constava como autor do e-mail, alegou que o perfil utilizado para enviar o e-mail era de amplo acesso dentro da associação. No dia seguinte à divulgação do texto, o Campo Grande Cowboys utilizou seu perfil no Instagram para informar o fechamento das portas.

+ Iza com ex-Santos e Fluminense: veja 30 casais de jogadores brasileiros com personalidades

Na declaração, o clube pede desculpas a todas as mulheres que podem ter se ofendido com o conteúdo do e-mail vazado. O CG Cowboys também afirma que tomou como medidas "o desligamento do atleta com a conta vinculada na plataforma" e "uma advertência verbal/escrita para toda a equipe que compõe o time", além do fechamento das portas da associação.

O Campo Grande Cowboys disputava o Brasileirão de Futebol Americano. A Confederação Brasileira do esporte, responsável pela organização do campeonato, já havia emitido nota de repúdio às práticas do clube.

Veja na íntegra a nota emitida pela diretoria do Campo Grande Cowboys.


"A associação Campo Grande Cowboys de Futebol Americano, com intuito de esclarecer o ocorrido na plataforma Europlayers, vem se manifestar publicamente.

Em primeiro lugar, pedimos perdão às mulheres que compõem a comissão técnica e diretoria, que, ao aceitarem o convite, jamais esperariam passar por tal situação.

Nossas desculpas também se estendem a todas as mulheres, aos torcedores e torcedoras, aos atletas, aos apoiadores e à sociedade como um todo.

É necessário ressaltar que o teor da mensagem, mesmo que com o sentido alterado ou perdido por tradução, é simplesmente inaceitável!

O desconhecimento total da diretoria sobre a captação de atletas feito através de mensagens com teor desrespeitoso, não exime ou diminui a gravidade da situação e, em razão disso, as devidas providências foram tomadas.

Preliminarmente, anunciamos que, após a deliberação, foi realizado o desligamento do atleta com a conta vinculada na plataforma.

Em conjunto a isso, uma advertência verbal/escrita foi realizada para toda a equipe que compõe o time, no sentido de alertar, informar e reforçar os valores de respeito a todos os tipos de pessoas, valorizando a cultura de respeito e não objetificação das mulheres.

Por fim, tendo em vista que a finalidade e valores educacionais, desportivos e éticos desta associação foram corrompidos, não existe motivação para a associação continuar de portas abertas."

Últimas