Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Clássico faz jus à grandeza do Dérbi e prova abismo entre Palmeiras e Corinthians

Nem a mudança de data para uma segunda-feira conseguiu diminuir o tamanho do confronto

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

Com um jogador a menos, o Palmeiras venceu o Corinthians por 2 a 0, em Dérbi disputado no Allianz Parque. Nem a mudança na data do jogo, do tradicional domingo de clássico para uma segunda-feira (1), foi capaz de "murchar" um confronto de tamanha magnitude.

➡️ Tudo sobre o Verdão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Palmeiras

➡️ Tudo sobre o Timão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Corinthians

Além da partida conter os elementos de um "Dérbi clássico", evidenciou outra tendência estabelecida nos anos recentes: a superioridade do Palmeiras em relação ao Corinthians.

Publicidade

Clássico é clássico. E vice-versa

Publicidade

Segunda-feira, 16h. Um dia em que os trabalhadores estavam em reta final de expediente, aguardando o horário para enfrentar o terrível trânsito da cidade de São Paulo. Porém, nas alamedas do Allianz Parque, tudo girava em torno de Palmeiras x Corinthians, jogo que faz torcedores de ambos os lados não dormirem de tanta ansiedade.

No horário em questão, 16h, concentrações de palmeirenses em confraternização, realizando o tradicional pré-jogo, já se faziam presentes. Corintianos, por outro lado, sentiam a tensão longe do estádio, pois o ineficiente e insuficiente trabalho de segurança pública e organização do futebol paulista não permite clássicos com torcida visitante.

Publicidade

Dentro do Allianz Parque, mosaicos, provocações e alta cantoria. A arena alviverde, que geralmente fica mais "fria" em partidas comuns, se inflamou. No primeiro tempo, nervosismo, que foi refletido nos atletas em campo. O Corinthians estava melhor em sua proposta de jogo. Na segunda etapa, muito apoio e resposta do Verdão. Resultado: o estádio se tornou um caldeirão insuportável para os adversários.

E não podia faltar desentendimentos em campo. Jogadores do Corinthians foram tirar satisfação com o jovem Estêvão, que foi defendido por Raphael Veiga com truculência. Discussões e "empurra-empurra" instaurados, e os 22 atletas ficaram ainda mais pilhados, junto com a arquibancada. As atitudes são condenáveis, mas marcam presença como regra em grandes clássicos.

Domínio do Palmeiras sobre o Corinthians

O primeiro tempo foi equilibrado na casa alviverde, com um Timão melhor dentro da sua proposta. Porém, na segunda etapa, o Verdão abriu o placar e dominou o jogo, uma atuação simbólica em relação ao histórico recente do confronto.

O Palmeiras fez o segundo sobre o Corinthians e, logo depois, houve a confusão que gerou cartão vermelho para Veiga. Mesmo com um jogador a menos, a equipe levou mais perigo ao gol adversário do que o Alvinegro.

O Dérbi foi como deve ser: com cara de clássico. Mas também provou o abismo entre Palmeiras e Corinthians. Mesmo em uma partida complicada, o Alviverde "desenrosca" e se impõe, enquanto o Alvinegro se rende e espera o pior, dentro e fora de campo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.