Lance Cinco motivos que explicam a vitória do Manchester City sobre o Urawa Reds no Mundial

Cinco motivos que explicam a vitória do Manchester City sobre o Urawa Reds no Mundial

Time de Pep Guardiola vence a partida por 3 a 0 e vai enfrentar o Fluminense na final

Lance

Nesta terça-feira (19), o Manchester City venceu o Urawa Reds por 3 a 0, em jogo válido pela semifinal do Mundial de Clubes. Com o triunfo, os Citizens garantem vaga na decisão, e vão enfrentar o Fluminense na finalíssima. Veja os cinco motivos que explicam o êxito do time de Pep Guardiola.

+ Manchester City vence Urawa Reds e encara o Fluminense na final do Mundial de Clubes; veja resultado

1- O gol contra: sim, a equipe japonesa não proporcionou vida fácil ao Manchester City no primeiro tempo, e a equipe de Guardiola não conseguiu furar a defesa adversária. No entanto, nos acréscimos da etapa inicial, um gol contra de Marius Hoibraten colocou o Citizens na partida.

2- A superioridade de elenco: apesar de estar sem os seus três principais jogadores, cortados da disputa por lesão, o Manchester City ainda assim tem uma força muito maior que a do rival, e foi justamente a parte talentosa da equipe que pesou a favor do time de Guardiola.

3- Mudança de postura: se no primeiro tempo o City não conseguiu ser efetivo, a história mudou na segunda etapa. O comportamento em campo foi outro, e aí deu a obviedade: mais dois gols no placar e classificação garantida.

4- Individualidades: melhores em campo, Bernardo Silva e Foden foram determinantes para a vitória do City. Controlaram as ações, dominaram a partida e colocaram o time em veia competitiva, anulando os japoneses e fazendo valer o status de atual campeão da Champions.

5- O dedo de Guardiola: considerado o melhor técnico do mundo, Pep foi fundamental para a vitória. Além da mudança de postura do time em campo, a capacidade ímpar do treinador de promover as substituições necessárias para carimbar o favoritismo que lhe cabia decidiu a vaga.

A final esperada está definida! Manchester City e Fluminense vão se enfrentar na próxima sexta-feira (22), no Estádio King Abdullah, às 15h (horário de Brasília), pelo título Mundial.

Últimas