Lance Chegada do Brasileirão fez desempenho de Tiago Nunes despencar no Grêmio

Chegada do Brasileirão fez desempenho de Tiago Nunes despencar no Grêmio

Oito das dez vitórias conquistadas pelo técnico demitido no último domingo (4) vieram antes do início da competição nacional

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois que o Campeonato Brasileiro teve início para a equipe do Grêmio no último dia 30 de maio, a situação do técnico Tiago Nunes passou da confiança atribuída aos resultados para uma incrível derrocada que culminou na sua demissão no último domingo (4).

>Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Antes da estreia onde o time foi derrotado por 3 a 2 para o Ceará em Fortaleza, o tricolor havia disputado nove partidas sobre o comando do agora ex-treinador entre Campeonato Gaúcho e Copa Sul-Americana com o desempenho de oito vitórias e apenas um empate. Vale ressaltar que o empate em questão foi o 1 a 1 diante do Internacional no segundo jogo da decisão estadual que não influenciou negativamente na conquista do tetracampeonato.

Todavia, quando a bola rolou no Brasileirão, o cenário ficou proporcionalmente inverso com 10 partidas acontecendo e o Imortal vencendo apenas duas delas. Uma diante do Santa Cruz-RS (3 a 0 na Arena) pela Recopa Gaúcha e os 2 a 0 no embate de ida contra o Brasiliense pela Terceira Fase da Copa do Brasil também na casa gremista.

Com isso, os números que davam suporte ao trabalho de Tiago acabaram jogando contra o comandante da equipe que já via seu cargo expressamente ameaçado após o revés diante do Juventude por 2 a 0 segundo declaração do presidente Romildo Bolzan.

Agora, além de procurar um substituto para o cargo onde o nome de Felipão ganhou força recentemente, o clube também terá de se preparar para um mês onde compromissos importantes por outras competições serão disputados.

A equipe entrará em campo pelas oitavas de final da Sul-Americana contra a LDU nos dias 13 (em Quito) e 20 em Porto Alegre além dos confrontos com o Vitória pelas oitavas da Copa do Brasil entre os dias 27 de julho (em Salvador) e 3 de agosto na Arena.

Últimas