Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

CEO do Atlético-MG, Bruno Muzzi explica motivos das falhas no 'Lendas do Galo' 

CEO do clube afirmou que a Prefeitura de Belo Horizonte ficou satisfeita com a segurança do evento

Lance

Lance|Do R7


Lance
Lance

O CEO do Atlético-MG e da Arena MRV, Bruno Muzzi, comentou os principais problemas enfrentados pelo clube no Lendas do Galo, no último domingo (16). Entre entrevista coletiva na última quinta-feira (20), Muzzi revelou que a falta de comida foi uma das maiores adversidades do evento alvinegro.

"Essa questão (da falta) dos alimentos foi umas das principais reclamações. Diversos fatores levaram a isso. Desde um 'furo' muito grande no número de ambulantes. Estavam previstos 80 e compareceram 36. Ainda não sei por que eles faltaram", explicou Muzzi.

+ Copo Stanley a partir de R$120,00. Bebida gelada nos 90' de jogo do Galo!

"Tivemos também problemas da falta de conhecimento das pessoas (que trabalham no estádio) que transitam com alimentação. As cozinhas são no 6° pavimento, são centrais, para abastecer as arquibancadas inferiores e superiores. Elas não sabiam quais elevadores utilizar. E às vezes produziam a comida na cozinha e até chegar para repor demorou", prosseguiu.

Publicidade

Por fim, o CEO também comentou outro contratempo no Lendas: a demora na abertura do estacionamento da Arena. Além disso, Muzzi também reafirmou que a Prefeitura de Belo Horizonte ficou satisfeita com a segurança do evento. 

"Tivemos um gargalo. Eu estava ali na hora e pedi que as cancelas subissem. Tem uma série de ajustes a fazer, mas no cômpito geral a prefeitura ficou satisfeita com as questões de segurança e acesso. Isso foi bom", completou. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.