CEO da Tóquio-20 fala sobre medo de coronavírus 'jogar água fria nas expectativas para os Jogos'

A organização do evento já afirmou diversas vezes que não tem planos em cancelar os Jogos de Tóquio. O coronavírus já tem 24.363 casos confirmados, com 491 mortes

Lance

Lance

Lance

Toshiro Muto, CEO do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos, admitiu que está preocupado com a epidemia de coronavírus que assola a China, país vizinho ao Japão, durante um encontro com dirigentes do Comitê Paralímpico Internacional.

- Estou seriamente preocupado com a possibilidade de o vírus se espalhar e jogar água fria nas expectativas para os Jogos. Espero que o vírus seja eliminado o mais rápido possível - afirmou.

No mesmo encontro, Saburo Kawabuchi, prefeito da vila olímpica que vai receber cerca de 11 mil atletas afirmou que está na torcida para que a epidemia acabe.

- Eu realmente espero que a epidemia acabe logo para que possamos operar a Paralimpíada e a Olimpíada de forma suave. No pior cenário, vamos fazer o que pudermos para que os atletas possam ficar concentrados somente em suas performances esportivas - concluiu.

A organização do evento já afirmou diversas vezes que não tem planos em cancelar os Jogos de Tóquio por conta da epidemia. O coronavírus, que teve epicentro na cidade de Wuhan, na China, já tem 24.363 casos, com 491 mortes confirmados pelo governo chinês nesta quarta-feira. 182 casos também foram confirmados em outros 24 países do mundo, com apenas uma morte fora da China, nas Filipinas.