Lance Celso Roth relembra com amargura derrota para o Mazembe

Celso Roth relembra com amargura derrota para o Mazembe

Treinador era quem comandava a equipe no Mundial de Clubes em 2010 e disse que revés na semi foi ''uma das maiores decepções" que teve na vida

Lance
Lance

Lance

Lance

O dia 14 de dezembro de 2010 certamente é marcado por um episódio que o torcedor do Internacional jamais gostará de reviver, já que remete ao totalmente inesperado revés para o Mazembe na semifinal do Mundial de Clubes por 2 a 0 que acabou com o sonho do bicampeonato do Colorado.

Na época, o comandante da equipe a beira do gramado era Celso Roth que, nessa segunda-feira (13), deu entrevista para a "Rádio Grenal" falando com bastante amargura do fatídico episódio ocorrido em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

- Planejamos tanto aquele jogo e tínhamos tanta confiança, criamos oportunidades, mas são coisas do futebol. O futebol prepara essas surpresas e, infelizmente, preparou para mim e para o Inter. Essa é uma das maiores decepções da minha vida. Me deixa muito triste. Mas tenho que pensar pra frente. Só é vencedor quem perde. Só perde quem chega lá - analisou.

Apesar do capítulo triste, certamente Roth tem mais a comemorar do que se lamentar em sua trajetória no Internacional. Isso porque, em 77 partidas comandando o clube do Beira-Rio, foram 35 vitórias, 17 empates, 25 derrotas com duas conquistas do Gauchão (1997 e 1999) além da Libertadores de 2010.

Últimas