Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Caso Daniel Alves: Ministério Público da Espanha rejeita pedido de liberdade

Advogados do lateral-direito adotaram nova estratégia em mais um recurso apresentado à Justiça espanhola

Lance|

Lance
Lance Lance

O Ministério Público da Espanha rejeitou, nesta terça-feira, o pedido da defesa de Daniel Alves para que o jogador respondesse em liberdade à acusação de estupro. De acordo com a imprensa espanhola, a promotoria entendeu que as circunstâncias não mudaram desde o último pedido dos advogados do lateral-direito e continua acreditando que há risco de fuga.

Também segundo veículos espanhóis, a nova estratégia adotada pela defesa de Daniel Alves era usar o argumento da presença da família do jogador na Espanha. Os filhos do lateral com a ex-esposa, Dinorah Santana, já estavam matriculados em uma escola na cidade de Barcelona.

+ Saiba os dez clubes com as maiores folhas salariais do futebol mundial

Na última semana, a jornalista Mayka Navarro, da emissora espanhola "Telecinco", afirmou que o recurso apresentado pelos advogados de Daniel Alves incluía 200 páginas e um vídeo com imagens da câmera de segurança da boate Sutton, onde ele teria estuprado uma mulher no final do ano passado.

Publicidade

Na última quarta-feira, Dani Alves prestou um novo depoimento sobre o caso, o quarto diferente desde a detenção. O atleta de 39 anos disse que alterou o seu discurso anteriormente para evitar problemas com a agora ex-esposa Joana Sanz, segundo informações do jornal espanhol "La Vanguardia". O lateral-direito também reafirmou a sua inocência e falou que teve relações sexuais consensuais com a suposta vítima.

+ 'Batucada' é única 'mancha' no comportamento de Daniel Alves na prisão, diz jornalista

Publicidade

RELEMBRE O CASO

Daniel Alves está preso preventivamente na Espanha desde o dia 20 de janeiro. O jogador teria agredido sexualmente uma mulher de 23 anos em uma festa no dia 30 de dezembro do ano passado. A Justiça espanhola ordenou a prisão do atleta depois de ouvir depoimentos contraditórios do brasileiro.

Inicialmente, Daniel Alves foi preso no Centro Penitenciário Brians I, mas foi transferido para o Brians II três dias depois da detenção. A cadeia fica localizada no município Sant Esteve Sesrovires, a 40 km de Barcelona.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.