Lance Campeão da Superliga feminina, Minas muda patrocínio máster e manterá status de potência

Campeão da Superliga feminina, Minas muda patrocínio máster e manterá status de potência

Gerdau começou a estampar uniformes do time das mulheres ainda na última temporada e agora ampliará espaço, no lugar da Itambé. Produtora de aço mantem apoio ao masculino

Lance
Lance

Lance

Lance

O Minas anunciou nesta segunda-feira a produtora de aço Gerdau como nova patrocinadora máster da equipe feminina, atual bicampeã da Superliga. O time, que tinha como principal apoiadora a Itambé, passará a se chamar Gerdau Minas. O elenco comandado pelo italiano Nicola Negro renovou com grandes nomes, como a centrais Thaisa e Carol Gattaz, e manterá o status de potência, em busca dos principais títulos do calendário do vôlei brasileiro e internacional.

+ Surfista brasileiro é perseguido por macaco na Indonésia e sofre lesão no braço

A parceria foi oficializada em encontro realizado em São Paulo (SP), na sede da Gerdau, com a presença de diretores das duas instituições, além de atletas. A companhia também seguirá estampando a marca na camisa do masculino, atual vice-campeão nacional, mas em nova posição, não divulgada. Dois nomes garantidos no elenco estiveram no evento: o ponteiro Honorato e o líbero Maique, ambos da Seleção.

+ Tricampeão olímpico Zé Roberto recusa propostas de Turquia e Rússia por Barueri: 'Projeto é razão de viver'

Conforme o LANCE! confirmou na última sexta-feira, a ponteira dominicana Yonkaira Peña deixa o Sesc RJ Flamengo para defender o time de Belo Horizonte. A grande perda do feminino é a levantadora Macris, de saída para o Fenerbaçhe, da Turquia, onde viverá sua primeira experiência internacional. Jacke, ex-Barueri, será a substituta, com a companhia de Pri Heldes, renovada. O novo elenco ainda não foi anunciado. A oposta Kisy e a ponteira Pri Daroit, ambas convocadas para a Liga das Nações, também permanecem.

O CEO da Gerdau, Gustavo Werneck, destacou como a ampliação da parceria com o Minas mineiro reafirma a união entre as instituições.

- É motivo de grande satisfação e alegria estreitarmos os nossos laços com o Minas Tênis Clube, uma das maiores potências para a prática esportiva no Brasil, com quem compartilhamos o propósito de promover a cidadania por meio do esporte. Acreditamos no papel do vôlei como agente de transformação social, criando oportunidades para centenas de jovens nos municípios em que a Gerdau está presente - disse Werneck.

O presidente do conselho deliberativo do Minas, Kouros Monadjemi, também celebrou a ampliação da parceria.

- A Gerdau e o Minas se completam, porque os valores e princípios das duas marcas se integram. Contamos com a força do aço dentro das quadras e conquistamos títulos importantes com o feminino e com o masculino, mas os resultados desta união também são notórios na formação de atletas e, acima de tudo, de bons cidadãos - afirma o dirigente.

Em 2022, as equipes feminina e masculina do Minas voltaram às finais da Superliga e conquistaram títulos nacionais simultaneamente, o que não ocorria desde a temporada 2001/02.

A equipe feminina foi campeã da Superliga e do Sul-Americano, garantindo vaga para o Mundial de Clubes de 2022, enquanto a masculina conquistou o título da Copa Brasil.

A equipe feminina conta com 10 títulos nacionais, enquanto a masculina soma 11 troféus nacionais na galeria. O Minas é o único clube a participar de todas as edições da Superliga feminina e masculina.

Parceria ampliada

A parceria entre Gerdau e Minas, que teve início em 2021, também se estende às categorias de base. Atualmente, a Gerdau patrocina o projeto Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas, que prepara jovens para se tornarem atletas de alto rendimento, além do apoio ao projeto social que prevê escolas de vôlei e futsal, voltadas para crianças em situação de vulnerabilidade social de cidades mineiras onde a Gerdau possui operações.

Últimas