Lance Campeã Mundial juvenil, Isabela Massaioli dá salto no ranking e finaliza temporada em Brasília

Campeã Mundial juvenil, Isabela Massaioli dá salto no ranking e finaliza temporada em Brasília

Jovem de 16 anos fez quartas de final do torneio internacional em Garopaba (SC) no final de semana e disputa esta semana...

Lance

Jovem de apenas 16 anos, campeão mundial juvenil pelo Brasil no último dia 10, a campineira Isabela Massaioli de Sousa deu novo salto no ranking profissional divulgado nesta segunda-feira pela Federação Internacional de Tênis após o ótimo resultado de quartas de final do BT 200 de Garopaba (SC), com premiação total de US$ 15 mil conquistado ao lado de Manuela De Tommaso.

Isabela subiu 19 posições e foi ao 103º lugar, bem perto do melhor desempenho que é o 101º de maio deste ano. A jogadora destacou sua grande temporada lembrando a conquista do título mundial na semana anterior em São Paulo, feito inédito para o Brasil. Ela e Julia Cabral venceram jogo decisivo contra a campeã europeia Elena Francesconi e Mathilde Massai.

"Ganhar o mundial foi algo tão especial que até o momento não consegui assimilar muito bem. Esse título inédito que ganhamos pro Brasil será um divisor de águas na minha vida e pro Beach Tennis Juvenil do Brasil. Estou muito feliz e agradeço demais os meus parceiros do time, a CBT e toda a equipe técnica. Com certeza foi a soma disso tudo que fez a gente chegar lá", destacou a atleta ZAND, que treina no CT Lucas Sousa, em Campinas (SP). 

Agora ela segue para a disputa de seu último torneio na temporada, o Brasília Super Cup onde atuará ao lado de Maria Nakamura, atleta que também venceu a Copa do Mundo: "Amanhã sigo pro meu último torneio ao lado da minha amiga Maria Nakamura que esteve comigo no mundial e espero fazer um torneio mais leve com o sentimento de missão cumprida", apontou a atleta que é agenciada pela BEAT Sports Manager.

A jogadora destacou seu ano positivo com conquistas no juvenil e subida no profissional: "Em 2023 conquistei muita coisa no juvenil. Fui bronze no Campeonato Mundial de Duplas em Cesenatico (Itália) na sub 18, e vice na sub 16.  Joguei com diversas parceiras diferentes e fui me adaptando ao longo do ano. Fui campeã Pan-Americana no Chile com a Manu Archetti na sub 18 e Campeão Mundial Juvenil por Equipes. Tenho ainda mais dois anos de Juvenil então acho que estou preparada pros próximos desafios, que são muitos porque as meninas juvenis do Brasil jogam em um nível muito forte.

Na categoria profissional, termino o ano em 103 do mundo. Mas em 2024 vou continuar treinando muito e planejando tudo com o Lucas (meu técnico) para alcançar meus objetivos. Não será nada muito fácil, mas vou continuar lutando por isso".

Últimas