Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Câmara dos Vereadores do Rio repudia fechamento de São Januário

Estádio não recebe público desde 22 de junho

Lance|

Lance
Lance Lance

Na tarde desta quinta-feira (17), a Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou uma Moção de Repúdio à interdição de São Januário. A proposta, feita pelo Vereador Pedro Duarte, do Partido NOVO, teve assinatura de 26 parlamentares.

O estádio não pode receber público desde o jogo contra o Goiás, no dia 22 de junho, quando parte da torcida cruz-maltina atirou sinalizadores no gramado e gerou uma confusão generalizada. Posteriormente, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) aplicou uma punição ao Vasco de 30 dias com São Januário fechado, e, no dia 5 de julho, estabeleceu quatro jogos com portões fechados (Cuiabá, Cruzeiro, Athletico-PR e Grêmio).

Apesar de já ter cumprido a pena, o Cruz-Maltino ainda não pode receber seus torcedores em São Januário. Decisão do juiz Marcello Rubioli fala que ambiente é um dos impeditivos para presença de público.

— [...] todo complexo é cercado pela comunidade da barreira do vasco, de onde houve comumente estampidos de disparos de armas de fogo oriundos do tráfico de drogas lá instalado, o que gera clima de insegurança para chegar e sair do estádio — afirma o texto de Rubioli.

Publicidade

+ Vice-presidente do Vasco contesta decisão sobre São Januário: ‘desigualdade de condições’

O Vasco recorre da decisão e aguarda o julgamento do processo o mais rápido possível.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.