Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bruno Carvalho, influenciador e coach gamer, revela que em quatro anos o mercado de eSports deve dobrar no Brasil

Bruno traz insights sobre o crescimento do setor, o papel dos jogos casuais e o potencial dos eSports no Brasil

Lance

Lance|Do R7


Lance
Guilherme Marques, o Speedmito / Crédito: Divulgação

Bruno Carvalho, influenciador e streamer amplamente reconhecido, compartilhou informações sobre o crescimento contínuo do mercado de games no Brasil e ao redor do mundo. Com base na Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia da PwC Brasil, estima-se que o mercado brasileiro dobrará em menos de cinco anos.

"Segundo o relatório, a receita total proveniente dos videogames e esportes eletrônicos no país está projetada para atingir a cifra de US$ 2,8 bilhões (cerca de R$ 13 bilhões) até 2026, ultrapassando os US$ 1,4 bilhão registrados em 2021", diz Bruno.

O setor tem apresentado um crescimento anual significativo, chegando a 27,4% até o momento. Em 2021, o Brasil se consolidou como o maior mercado da América Latina, superando o México, e espera-se que em 2026 represente 47,4% da receita total da região.

"Apesar do notável crescimento, é relevante mencionar que o Brasil ainda representa menos de 1% do mercado global, o qual deverá alcançar a marca de US$ 323,5 bilhões em 2026, um aumento de 33,3% em relação a 2021, quando registrou US$ 215,6 bilhões", adiciona.

Publicidade

China e Estados Unidos continuam sendo os principais protagonistas desse setor, responsáveis por metade das receitas dos games e eSports no último ano. No entanto, estima-se que o Brasil seja o quarto país com maior expansão até lá, ficando atrás apenas da Turquia, Paquistão e Índia.

Embora os jogos para celular atualmente dominem o mercado, apresentando um crescimento de mais de três vezes no período de 2017 a 2021, indo de US$ 294 milhões para US$ 928 milhões, os eSports também demonstram um crescimento expressivo.

Publicidade

Estima-se que esse segmento triplique até 2026, totalizando US$ 15 milhões. A pesquisa indica que esse resultado será impulsionado principalmente pelos direitos de mídia, patrocínios e outros investimentos na área.

Bruno Carvalho destacou a ascensão dos jogos casuais para celular e enfatizou o potencial dos eSports como uma grande oportunidade para o mercado brasileiro. Sua influência e paixão pelos games oferecem uma nova perspectiva sobre as tendências e oportunidades nesse setor em constante crescimento.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.