Lance Bruninho lamenta derrota, mas valoriza disputa pelo bronze

Bruninho lamenta derrota, mas valoriza disputa pelo bronze

Brasil foi derrotado pelo Comitê Olímpico Russo na semifinal

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

O Brasil deu adeus à possibilidade de conquistar a medalha de ouro no vôlei masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A Seleção Brasileira foi derrotada pelo Comitê Olímpico Russo por 3 sets a 1, de virada, na madrugada desta quinta-feira, pela semifinal.

+ Brasil perde para o Comitê Olímpico Russo no vôlei e está fora da final dos Jogos Olímpicos

Com a derrota para os russos na semifinal, será a primeira vez desde Sidney, em 2000, que o Brasil não disputará uma final olímpica. Desde então, chegou às finais em Atenas-2004 (ouro), Pequim-2008 (prata), Londres-2012 (prata) e Rio-2016 (ouro).

Um dos jogadores mais experientes da seleção, Bruninho lamentou a derrota para a Rússia na semifinal. O levantador, de 35 anos, só ficou de fora de uma final na carreira com o Brasil: na Copa do Mundo de 2011, no Japão, quando conquistou o bronze.

- Por mais difícil que seja, temos que apagar isso. O bronze conta muito para a gente. Sabemos o quanto a gente merece, quanto a gente trabalha e se dedica. Vamos entrar com a faca nos dentes, como se fosse o ouro. Não temos tempo para lamentar - disse o capitão.

+ Medalha no skate e finais no boxe! Veja o que você perdeu na noite e madrugada nos Jogos Olímpicos

No ciclo olímpico após o ouro na Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016, o Brasil foi campeão Sul-Americano em 2017, da Copa do Mundo de 2019 e da Liga das Nações de 2021. A derrota para a Rússia impediu a chance de completar um ciclo perfeito, mas o técnico Renan Dal Zotto mostrou confiança na conquista do bronze.

- O desafio do Brasil é estar sempre entre os melhores. Tem que estar no pódio. Já passei por uma experiência em 1988, de perdermos a medalha do bronze e, esse sim, é um gosto amargo. Vamos buscar essa motivação. Todos têm experiência suficiente. Vamos viver esse luto por algumas horas, mas depois virar a chave e buscar o bronze - afirmou o treinador.

Confira o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio:

Últimas