Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Brasileiro agiu nos bastidores pela permanência de Xavi no Barcelona

Reunião que sacramentou a continuidade do treinador durou mais de cinco horas

Lance

Lance|Do R7


Xavi permanecerá no Barcelona para a temporada 2024/2025 (Foto: JAVIER SORIANO / AFP)

A situação do técnico Xavi no Barcelona sofreu uma reviravolta em menos de três meses: após anunciar que deixaria o clube no meio do ano, o treinador acabou mudando de ideia e comunicando sua permanência para a temporada 2023/2024.

➡️ A boa do Lance! Betting: vamos dobrar seu primeiro depósito, até R$200! Basta abrir sua conta e tá na mão!

Para que o espanhol tomasse essa decisão, no entanto, foi preciso um forte trabalho de bastidores por parte da direção do clube. E neste processo, um brasileiro teve participação decisiva pela permanência do técnico: Deco, atual diretor desportivo do clube. O craque foi companheiro de Xavi no meio-campo do Barça entre os anos de 2004 e 2008.

Já na saída do treino do Barcelona na quarta-feira (24), o brasileiro se encontrou com o técnico e abordou a sua situação, segundo informações do "Mundo Deportivo", da Catalunha. Nesta conversa, ficou acordado que ambos se encontrassem com o presidente do clube, Joan Laporta, e outros membros da direção do Barça para selar a continuidade do trabalho.

Publicidade

➡️ Presidente do Barcelona comemora permanência de Xavi: ‘Nunca vi tão animados’

Publicidade

A reunião na casa do mandatário do clube iniciou por volta das 19h30 e terminou um pouco depois da 1h da madrugada. Apesar da duração do encontro, o veículo espanhol conta que foram precisos apenas três minutos para que Xavi sacramentasse a sua permanência no Barcelona.

Pelo lado da direção, a sensação foi de alívio. Isso porque Laporta acredita que o treinador é a melhor opção disponível no mercado, além de ter facilidade para trabalhar com jovens jogadores, uma das principais exigências da direção para o cargo.

Mais uma vez, Deco foi fundamental para costurar a permanência de Xavi, ao reforçar que o clube não deve investir tanto na próxima janela de transferências por conta da delicada situação financeira do Barcelona, segundo informações do jornal "Marca".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.