Lance Brasil x Equador: tudo sobre o jogo pelas Eliminatórias da Copa

Brasil x Equador: tudo sobre o jogo pelas Eliminatórias da Copa

Confronto coloca frente a frente os dois melhores ataques da competição: 13 contra 12 gols marcados pelo time do técnico Tite

Lance
  • Lance | por Lance

Gabigol ganhou vaga de Gabriel Jesus na seleção brasileira de Tite

Gabigol ganhou vaga de Gabriel Jesus na seleção brasileira de Tite

Lucas Figueiredo/Divulgação/CBF

O Brasil enfrenta o Equador na noite desta sexta-feira (4), às 21h30 (de Brasília), no Beira-Rio, em partida válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar. Até aqui, a seleção brasileira lidera a competição e venceu os quatro jogos que disputou. A seleção equatoriana, por sua vez, ocupa a terceira colocação, com nove pontos e perdeu apenas um confronto.

O retrospecto do confronto é favorável ao Brasil. A seleção brasileira só perdeu duas vezes para o Equador em toda a história (26 vitórias, quatro empates e duas derrotas). Nestas duas oportunidades em que o adversário levou a melhor, a partida foi disputada no próprio Equador. Além disso, a seleção nacional não sofreu gols nas últimas quatro partidas contra os equatorianos.

Com treinos fechados à imprensa na Granja Comary, em Teresópolis, e um verdadeiro pacto de silêncio instaurado no time verde-amarelo, a dúvida maior ficou entre Gabigol e Gabriel Jesus no ataque. Depois do que se soube do treino em Porto Alegre, a tendência é que o jogador do Flamengo saia jogando.

O jogo desta sexta-feira coloca frente a frente os dois melhores ataques da competição: o Equador tem 13 gols marcado, enquanto o Brasil balançou as redes 12 vezes.

Brasil x Equador

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data/Horário: 04/06/2021, às 21h30
Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Assistentes: Carlos Lopez (VEN) e Jorge Urrego (VEN)
VAR: Cristian Garay (CHI)


BRASIL (Técnico: Tite): Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Richarlison, Neymar e Gabigol.

EQUADOR (Técnico: Gustavo Julio Alfaro): Alexander Domínguez; Ángelo Preciado, Arboleda, Arreaga e Pervis Estupiñán; Carlos Gruezo, Noboa, Caicedo, Mena e Ayrton Preciado; Enner Valencia.

Brasil apresenta uniforme da delegação para Tóquio 2020

Últimas