Lance Brasil disputa etapa do circuito mundial de tênis em cadeira de rodas de olho na Copa do Mundo

Brasil disputa etapa do circuito mundial de tênis em cadeira de rodas de olho na Copa do Mundo

Brasil disputa etapa do circuito mundial de tênis em cadeira de rodas de olho na Copa do Mundo

Lance
Lance

Lance

Lance

A etapa de São José dos Campos do circuito mundial de tênis em cadeira de rodas, o Wheelchair Brasil – ITF Tênis Internacional – Ano III, servirá de preparação para parte do Time Brasil que está treinando para a Copa do Mundo da modalidade, que acontecerá de 27 de setembro a 3 de outubro na Itália.

A etapa de São José dos Campos acontece exatamente a poucos dias da Copa do Mundo, entre 21 e 24 deste mês, nas quadras de saibro da Associação Esportiva São José.

Do Time Brasil disputam o Wheelchair Brasil – ITF Tênis Internacional os paratletas Daniel Rodrigues (24º do mundo), Bruno Makey (177º) e Felipe Santana (224º), no Masculino; Meirycoll Duval (26º), Ana Caldeira (46º), Lucimaria Nascimento (56º) e Maria Fernanda Alves (101º), no Feminino; Augusto Fernandes (32º) e Leandro Pena (S/R), no Quad; e João Lucas Takaki (6º), Cesar Silva da Rosa (18º), Arthur Dantas (S/R) e Jade Lanai (2º), no Juniors.

“O torneio de São José dos Campos nos ajudará a ganhar mais ritmo de jogo, mesmo sabendo que teremos um nível bem mais forte no Mundial. Estamos indo à Itália buscar a classificação para o Mundial de 2022”, contou Daniel Rodrigues, um dos principais paratletas do país.

Rodrigues também esteve em Tóquio representando o Brasil nos Jogos Paralímpicos. “O Japão está de parabéns por realizar um evento como esse no meio de uma pandemia. Foi muito restrito tudo, cheio de protocolos sanitários. Infelizmente, o evento perdeu um pouco o brilho, mas não perdeu as emoções”, afirmou ele.

“Sobre a minha participação, eu esperava mais, mesmo sabendo que a pandemia me afetou muito, talvez até mais que os outros atletas. A tão sonhada medalha não veio, mas saí satisfeito por ter participado de mais um evento como esse”, disse Rodrigues, que também esteve em Londres-2012 e Rio de Janeiro-2016.

Ao todo 65 paratletas estão inscritos nas categorias Masculino, Feminino, Quad (atletas com deficiência nos membros superiores e inferiores) e Junior. A competição vale pontos para o ranking da ITF (Federação Internacional de Tênis) e da CBT (Confederação Brasileira de Tênis).

O Wheelchair Brasil - ITF Tênis Internacional Ano III tem o patrocínio do Itaú, Sabesp e EY, através da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério da Cidadania/Secretaria Especial do Esporte. Chancela - Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e Federação Paulista de Tênis. Realização – Instituto Sempre Amigos.

Últimas