Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Boxe: Bia Ferreira e Keno Marley conquistam ouro; Brasil fecha torneio com melhor desempenho na história

Time Brasil encerra competição com dois ouros e um bronze, superando a campanha da edição de 2019

Lance|

Lance
Lance Lance

Beatriz Ferreira (60kg) e Keno Marley Machado (92kg) conquistaram a medalha de ouro no Torneio de Strandja de boxe, em Sófia, na Bulgária, na estreia da temporada internacional. Neste domingo, a lutadora bateu a chinesa Yang Wenlu, enquanto o pugilista superou o experiente equatoriano Julio Castillo, ambos por decisão unânime. O Brasil ainda teve um bronze com Abner Teixeira (+92kg) na competição, que é uma das mais renomadas da modalidade.

A primeira a entrar em ação neste domingo foi Bia Ferreira. Com três vitórias consecutivas antes do combate, a vice-campeã olímpica e mundial encontrou na final da categoria até 60kg uma das grandes surpresas da competição - Yang Wenlu foi a responsável por eliminar a campeã mundial Rashida Ellis ainda na primeira fase. No entanto, na decisão, o poderio da brasileira se fez valer sobre a adversária. Bia impôs um forte ritmo e venceu todos os rounds, ganhando assim por decisão unânime dos juízes.

+ Rayssa Leal, do skate, e Filipe Toledo, do surfe, são indicados para Prêmio Laureus

Assim, Bia Ferreira assegurou sua terceira medalha de ouro no Torneio de Strandja, depois de também triunfar em 2019 e em 2021, suas últimas participações na competição. O torneio abre a temporada da brasileira, que já terá a disputa do Campeonato Mundial no próximo mês, em Nova Délhi, na Índia. Além de ter sido vice-campeã em 2022, Bia levou o título da competição em 2019.

Publicidade

Horas mais tarde, foi a vez de Keno Marley entrar em ação, contra um adversário já conhecido, pela final da categoria até 92kg. Julio Castillo e o brasileiro se enfrentaram na final dos Jogos Sul-Americanos Assunção-2022 e o equatoriano levou a melhor na ocasião.

O duelo colocou frente a frente dois atletas com currículos recheados de conquistas. Keno tem 22 anos, foi vice-campeão mundial em 2021 e campeão olímpico da juventude em 2018, enquanto Castillo conquistou a prata no Mundial de 2019 e tem três medalhas em Jogos Pan-Americanos no histórico.

Publicidade

Aproveitando-se da boa campanha em Strandja, Keno Marley conseguiu se impor sobre Castillo e foi dominante para vencer o combate por decisão unânime. O brasileiro levou os dois primeiros rounds por 10-9 na opinião dos cinco jurados e controlou a luta na última parcial. Foi dessa forma que o baiano de Sapeaçu conquistou o primeiro título do boxe brasileiro masculino na competição.

Melhor desempenho da história do Brasil

Publicidade

O Brasil fechou o Torneio de Strandja com três medalhas. Além dos dois ouros, levou um bronze com Abner Teixeira (+92kg). O país contou com uma equipe de 12 atletas no torneio. Eles agora voltam ao território nacional para se prepararem para os Campeonatos Mundiais, os Jogos Pan-Americanos e as demais competições da temporada.

A melhor campanha havia sido em 2019, quando o país levou uma medalha de ouro e três de bronze - na ocasião, Bia e Abner também medalharam. A última participação brasileira no evento havia sido em 2021, com a conquista de um ouro e dois bronzes.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.