Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Botafogo respira na Libertadores, mas não convence; meia pede passagem no time de Artur Jorge

Técnico português melhorou a equipe com entrada de meia

Lance

Lance|Do R7

Apesar da polêmica da arbitragem e da fragilidade da LDU, o Botafogo conquistou uma vitória importante para seguir respirando na Libertadores. No entanto, o triunfo sobre a equipe equatoriana não foi convincente.

Faça as suas apostas na Libertadores 2024: quem será o campeão? Vem pro Lance! Betting!

A equipe comandada por Artur Jorge sofreu defensivamente em alguns momentos da partida, mas ofensivamente não criou uma enormidade de chances. No fim, ambos os times encerraram o confronto com 13 finalizações cada um.

No entanto, os três pontos conquistados pelo Alvinegro foram chaves visando o decorrer da competição e as duas decisões contra Universitário e Junior Barranquilla longe de casa. Nesse momento, o Glorioso se encontra com a vice-liderança do Grupo D e depende apenas de si para chegar nas oitavas de final.

Publicidade

Um dos pontos que precisam ser revistos é a questão da utilização de quatro atacantes, formação que foi usada em sete dos nove jogos sob comando do treinador português. Com uma alteração pontual ou outra, o comandante insiste no esquema em que o meio de campo torna-se mais exposto e perde criatividade.

Nesse sentido, Óscar Romero foi uma peça chave na construção do triunfo do Botafogo diante da LDU. O meia paraguaio entrou no intervalo e foi o responsável pela linda assistência para o gol de Júnior Santos que deu a vantagem para os brasileiros.

Publicidade

- Estou satisfeito com o desempenho dele, teve um papel importante hoje também. Eu gosto de dizer que a importância dos jogadores vem daqueles que sabem aproveitar as oportunidades. Alguns podem ter 80 minutos, outros nove, outros 45. Têm que estar preparados e capazes de acrescentar valor à equipe quando forem chamados. Nós, no Botafogo, viveremos em função daquilo que possam ser as opções. Se tivermos 23 jogadores preparados, seguramente ficaremos mais perto do sucesso - disse Artur Jorge sobre a entrada de Romero.

Contratado recentemente para compor o elenco e ser uma sombra a Eduardo, o camisa 70 vem aproveitando suas chances diante da ausência do veterano por conta de uma lesão. O atleta já havia entrado bem e tido participação direta no segundo gol do triunfo do Glorioso sobre o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, e está pedindo passagem.

Com duelos decisivos nas próximas semanas valendo a vida na Libertadores, o comandante talvez precise rever suas preferências. Ainda mais quando um jogador como Jeffinho não reencontrou o seu melhor nível técnico desde que retornou de lesão. E como o coletivo está acima do individual, Romero prova que merece espaço entre os onze.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.