Lance Borja marca em estreia, e Grêmio volta a vencer no Brasileirão

Borja marca em estreia, e Grêmio volta a vencer no Brasileirão

Apesar de triunfo, situação do Tricolor ainda é delicada; equipe segue na zona de rebaixamento

Lance
Lance

Lance

Lance

Na briga para sair da zona de rebaixamento, Grêmio e Chapecoense se encontraram pela 15ª rodada do Brasileirão, nesta segunda-feira, 9. Jogando na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, a Chape saiu na frente logo no início. Contudo, o Tricolor se recuperou e conseguiu a vitória por 2 a 1.

COMEÇO MOVIMENTADO!

Ocupando as posições mais baixas da tabela, Grêmio e Chapecoense começaram bastantes equilibrados, com boas chances para as duas equipes nos minutos iniciais. O árbitro mal havia apitado o início do duelo, e Borja, em sua estreia, recebeu cruzamento de Alisson e quase marcou, mas o goleiro da Chape salvou. A resposta foi imediata, porém mais efetiva. Após um lançamento perfeito de Busanello, Anselmo Ramón vence marcação de Geromel e manda para os fundos das redes.

CHAPECÓ SALVADOR!

Ainda sem Brenno, que estava com a seleção olímpica, Gabriel Chapecó seguiu fazendo seu nome. Aos 7, mais uma boa defesa do goleiro. Geuvânio mandou uma bomba da entrada da área, acertando a trave. No rebote, Anselmo Ramon chutou em cima do arqueiro gremista, que salvou.

RECUPERAÇÃO?!

O Grêmio se ligou depois dos primeiros dez minutos e começou a correr atrás do placar. Borja fez uma boa combinação com Darlan. O centroavante brigou com a marcação, e a bola sobrou para Alisson, que finalizou ao lado do ol da Chapecoense.

TUDO IGUAL!

O atacante conseguiu deixar tudo igual aos 17. Alisson recebeu no meio de campo de Darlan, avançou e arriscou o chute. A bola entra no cantinho da meta do goleiro João Paulo, que não conseguiu evitar.

BOAS TENTATIVAS!

Na sequência, as duas equipes voltaram a ficar truncadas, com poucas chances. Contudo, tudo mudou aos 27, quando a Chape teve um lance perigoso. Jean Pyerre foi desarmado, e Mike aproveitou e partiu em velocidade. O atacante tentou a tabela com Anselmo Ramon, mas fica pedindo falta de Geromel.

VIRADA!!!!!!

Um minuto depois, aos 29, Borja foi derrubado por um defensor da Chapecoense quando tentou alcançar Alisson. O juiz deu o pênalti, convertido pelo próprio colombiano. A bola foi para um lado, e o goleiro caiu em outro. Aos 35, quase teve o segundo do novo centroavante. Borja recebeu na entrada da área, tentando a finalização. No último segundo, Derlan conseguiu desviar. Aos 40, o colombianos completou um cruzamento, e a bola passou na frente de João Paulo.

MUITO TRUNCADO!

Com a chuva caindo em Porto Alegre, o Grêmio começou um pouco melhor. Douglas Costa partiu para dentro da área e invadiu, mas foi derrubado. O árbitro sinalizou pênalti. Contudo, após consulta no VAR, a decisão foi anulada.

PRESSÃO!

Anulando totalmente a Chape, o Tricolor teve nova chance. Jean Pyerre tentou duas vezes o passe para Vanderson, que cruzou. Borja subiu mais do que os marcadores, mas não conseguiu dar direção na finalização. A partida ficou mais truncada, mas Luiz Fernando conseguiu uma boa tentativa aos 35.

LUIZ FERNANDO TENTA...

Maicon escorou de cabeça para Luiz Fernando, que não conseguiu o domínio. Dois minutos depois, Luiz tentou o chute, mas a bola sobrou para Léo Pereira. De dentro da área, o atacante acabou mandando para fora.

Últimas