Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bizarro! Policial dá tiro de bala de borracha em goleiro após jogo em Goiás; veja

Cena repercutiu nesta quarta-feira (10) e clube emitiu nota de repúdio

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

Um jogo da segunda divisão do Campeonato Goiano terminou com uma cena bizarra nesta quarta-feira (10). Após o apito final entre Grêmio Anápolis e Centro Oeste, um policial disparou tiro de bala de borracha contra o goleiro Ramon Souza, do Anápolis. A cena repercutiu nas redes sociais e o clube emitiu nota de repúdio contra a ação do PM.

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

Veja a nota emitida pelo Grêmio Anápolis:

"O Grêmio Anápolis vem a público repudiar o lamentável, ridículo e revoltante acontecimento, no Estádio Jonas Duarte, na noite desta quarta-feira (10), pela décima segunda rodada da Divisão de Acesso. Após o final da partida contra a equipe do Centro Oeste, nosso goleiro Ramon Souza foi atingido de forma covarde por um tiro de bala de borracha, efetuado por um policial da Companhia de Policiamento Especializado (CPE).

Publicidade

Um ato horrível, inacreditável e criminoso de alguém que deveria prezar pela segurança e integridade das pessoas, que ali estavam no Estádio Jonas Duarte. O dia 10 de julho fica marcado por um ato violento, sujo e horrível contra um de nossos jogadores, o que jamais será esquecido. O GEA informa que entrará com medidas cabíveis, para que o responsável seja punido e que a justiça seja feita, para que este ato CRIMINOSO, não fique impune.

Nosso goleiro foi atendido em campo pelo médico do GEA, Dr. Diego Bento, que dentro da UTI móvel realizou os primeiros socorros", escreveu o clube.

Confira o momento do tiro do policial:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.