Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bia Haddad Maia vence batalha dramática contra Sloane Stephens na estreia do US Open

Brasileira precisa de quase três horas para bater a norte-americana na primeira rodada

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Bia Haddad Maia celebra vitória na estreia no US Open (Foto: CLIVE BRUNSKILL / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / GETTY IMAGES VIA AFP)

Beatriz Haddad Maia, número 19 do mundo, estreou com vitória dramática nesta segunda-feira no US Open, quarto e último Grand Slam do ano, disputado no piso duro em Nova York, nos Estados Unidos. A paulistana superou a campeã de 2017, a americana Sloane Stephens, 36ª colocada, por 2 sets a 1 com parciais de 6/2 5/7 6/4 após 2h56min na quadra Louis Armstrong, a segunda principal em Flushing Meadows.

Esta é a terceira participação da brasileira na chave principal do Aberto dos Estados Unidos e ela soma a segunda vitória igualando seu melhor desempenho do ano passado. A outra participação foi em 2017 caindo na estreia. Bia emplacou sua 15ª vitória nesta que é sua 14ª participação em um torneio de Grand Slam. Na segunda rodada a adversária será mais uma americana, Taylor Townsend, 132ª colocada. Townsend passou pela francesa Varvara Gracheva por 6/4 6/2 e venceu o único encontro contra Bia em 2019 em Miami.

O jogo

Bia fez um primeiro set excepcional comandando as ações e jogando com agressividade. Conquistou duas quebras e rapidamente fez 6/2.

Publicidade

Abriu uma quebra em 4 a 3 no segundo set e a partir daí o jogo ficou dramático. Após longa disputa a americana devolveu a quebra, Haddad Maia teve oportunidades de quebrar de novo, mas Stephens elevou o nível e confirmou. A americana abriu 6 a 5 e após novo longo game quebrou a brasileira que cometeu dois erros e viu um belo ponto da tenista da casa.

Bia foi ao vestiário e voltou quebrando o saque da rival no primeiro game. Stephens devolveu a desvantagem. Bia tornou a quebrar e após mais um game longo confirmou e vibrou ao abrir 3 a 1. A americana foi buscar o placar, igualou, mas vacilou no saque, deu dupla-falta, a paulistana abriu 5 a 3 e fechou com autoridade no game de serviço.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.

<